Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-São Paulo é dispensado pelo Sport após 14 minutos em campo

Diretor de futebol de clube pernambucano confirmou a saída do atleta, que ficou menos de dois meses na Ilha do Retiro

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Anderson Stevens/Sport

O lateral Bruno Peres, que foi repassado do São Paulo ao Sport em setembro, foi dispensado pelo clube pernambucano nesta terça-feira (12) após ter atuado apenas 14 minutos com a camisa do Leão.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O jogador não deve ser aproveitado pelo São Paulo e tem contrato com a Roma até o fim de 2021.

“Ficou decidido, em comum acordo, que ele sairia, já que ele não estava totalmente integrado ao nosso sistema e que o contrato dele acabaria daqui a quatro rodadas”, explicou Nelo Campos, diretor de futebol, por meio da assessoria de imprensa do Sport, que está na luta pelo acesso à Série A do Brasileirão.

O dirigente fez questão de deixar claro que não se tratou de qualquer problema extracampo de Bruno Peres, que passou parte do primeiro semestre entre os reservas do São Paulo e depois sumiu dos relacionados para os jogos.

“Foi um acerto em comum acordo entre as duas partes. Nada de extra, de campo, é um contexto geral de tudo. Ele chegou depois, não estava no mesmo ritmo do grupo. Foi de ambas as partes, foi tranquilo, tudo resolvido com muita tranquilidade, rápido. É um grande profissional e agora ele segue a carreira, como era previsto, ele vinha para terminar o ano só. Então, como ele não teve oportunidade, chegou depois, não conseguiu ter a chance que ele esperava”

A única partida de Bruno Peres pelo Sport foi contra o Guarani, quando entrou no segundo tempo na derrota por 1 a 0. O atleta tem 29 anos e ainda não sabe qual será seu próximo clube. O fato é que deve voltar aos gramados apenas em 2020.

Leia mais:
Casagrande compara mercados de Flamengo e Palmeiras e dá conselho ao Verdão: “tem que contratar para ser titular”