Allan Abi Madi: Com benção de Adílio, Flamengo de Jesus busca maior feito da história para muitos

No próximo sábado, o rubro-negro decide pela segunda vez em sua história o título da Libertadores. O Flamengo ainda pode ser campeão Brasileiro domingo

Allan Abi Madi
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes & Paula Reis / Flamengo

Para uma grande parte desta geração de torcedores do Fla, o próximo final de semana será o mais importante em toda história do clube.

Em 1981, o time comandado por Zico conquistou a América um ano após o seu primeiro título de Campeonato Brasileiro.

Era o início da maior década do clube. O Fla conseguiu ter conquistas importantes em sequência, se consolidando como um dos maiores vitoriosos do país.

Mesmo com a maior geração da história rubro-negra, a decisão da Libertadores de 81 foi a única disputada pelo clube até hoje.

Não sei se Jesus e seus jogadores tem consciência, acredito que sim, mas por anos, para geração atual de torcedores do Fla, esse momento foi visto como algo quase inatingível.

A sensação de presenciar uma decisão de Libertadores era conhecida por boa parte dos flamenguistas apenas pelos livros, vídeos e histórias contadas pelos mais velhos.

O Flamengo nunca esteve tão próximo de realizar o maior desejo de muitos rubro-negros, viver a glória eterna! Se for por incentivo, confiança e fé, a taça vem para Gávea.

A constatação de tudo isso foi o embarque da delegação para Lima. Torcedores tomaram as ruas do Rio e o entorno do aeroporto do Galeão. Veja:

Agora, em mais um 23 de novembro, o rubro-negro pode viver e fazer parte de uma nova história.

De quebra, pode presenciar o que nenhuma geração presenciou. Conquistar Libertadores e Brasileiro não só no mesmo ano, o que já seria inédito, mas no intervalo de dias.

FALA ADÍLIO!

Para trazer bons fluídos para torcida do Flamengo, conversei com um dos principais nomes da conquista de 81: Adílio, ídolo eterno dos rubro-negros.

Para o ex-camisa 8 da Gávea, o elenco atual, comandado por Jorge Jesus, pode repetir os feitos da geração de ouro do clube. Confira:

Allan: Como você acha que os jogadores devem se preparar para uma partida histórica como essa?

ADÍLIO: “É se preparar para uma grande final, buscando energia positiva. Entender que é uma grande oportunidade de realização para todo grupo”.

Allan: O que falar para essa nova geração de torcedores que não viu o Flamengo na decisão de 81?

ADÍLIO: “Eles tem que acreditar sempre, que o grande dia chegou!”.

Allan: Acredita que o Fla atual pode repetir o feito do time da década de 80, com uma sequência de títulos importantes nos próximos anos?

ADÍLIO: “Acredito sim! Eles podem realizar esse grande feito”.

Adilio

No próximo sábado (23.11), os olhares, orações, pensamento, a torcida… Tudo estará voltado para Lima, no Peru.

O River Plate é um adversário duríssimo, mas o Flamengo parece estar com muito apetite de fazer história.

Que venha o título e uma nova geração de torcedores batizados como: Diego, Rafinha, Pablo, Rodrigo, Filipe, Willian, Gérson, Everton, Arrascaeta, Bruno Henrique, Gabruel, Jorge…

Afinal, ninguém merece mais que essa torcida, que bateu recordes de público nos estádios em 2019, lotou as ruas e o aeroporto!

LEIA MAIS:
Após Reinier, outras renovações estão em pauta no Flamengo
Flamengo quer ir muito além do time montado em 2019
Allan Abi Madi: Flamengo mira ter cada vez mais protagonistas
O planejamento do Flamengo para 2020 já começou

Allan Abi Madi nasceu em Niterói (RJ) e é jornalista, colunista no Torcedores.com, comentarista da Rádio Opinião, e gestor da Freedom Group, empresa de Assessoria de Imprensa e Marketing Digital. Na internet, tem seu canal Papo de bola. Depois de atuar como advogado por muitos anos descobriu que era no jornalismo esportivo que morava sua verdadeira paixão. Participou da cobertura de Copas do Mundo, Olimpíadas, e outros eventos do esporte brasileiro. Focado sempre em dar informação e emitir opinião para quem faz do esporte a melhor coisa do mundo, o torcedor.

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o colunista no Twitter: Allan Abi Madi – @Allanmadi

Siga também no Facebook: Allan Abi Madi