Gabriel Jesus termina ano como artilheiro e vice-líder em assistências na Seleção mesmo em nova função com Tite

Camisa nove na última Copa do Mundo, o atacante virou ponta neste ano com Tite, recebeu muitas críticas, mas se destacou com números pela seleção brasileira

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

A seleção brasileira encerrou a temporada de jogos de 2019 nesta terça-feira (19) com vitória contra a Coreia do Sul por 3 a 0. Em meio a criticas ao treinador Tite, um jogador também sofreu com imprensa e torcedores, mas tem números expressivos no ano. Gabriel Jesus foi o artilheiro, o vice-líder de assistências e disparou como goleador desde a chegada do comandante à equipe.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Autor 7 gols em 14 jogos em 2019, Gabriel Jesus deixou de ser centroavante na seleção brasileira com Tite e passou atuar em nova função dentro de campo. O jogador do Manchester City começou a Copa América como reserva, mas entrou no decorrer do campeonato como ponta e agradou o treinador.

Caracterizado pelo momento artilheiro no começo de trabalho com o técnico, Gabriel Jesus sofreu com críticas pela baixa quantidade de gols marcados e pelos lances errados – como  o pênalti perdido contra a seleção da Argentina na última sexta-feira (15).

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Apesar disso, números comprovam que seu desempenho em 2019 foi satisfatório. O atacante ex-Palmeiras e atualmente reserva no Manchester City foi o artilheiro da temporada pela seleção brasileira com sete gols e o vice-líder em assistências com dois passes – ficando atrás apenas de Roberto Firmino, com três. Dos 100 gols marcados na Era Tite, Gabriel Jesus marcou 18 e lidera lista. Neymar (com 15), Coutinho (13) e Firmino (Com 9) estão no topo do ranking.

Números de Gabriel Jesus pela seleção brasileira em 2019:

14 jogos

7 gols (2 na Copa América e 5 em amistosos)

2 assistências (na Copa América)

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

18 gols na Era Tite

LEIA MAIS:

Gabriel Jesus é detonado por internautas após perder pênalti contra a Argentina

Enquete: Tite merece continuar na seleção brasileira em 2020?