Hamilton quer continuidade do GP Brasil em São Paulo

Hamilton deu entrevista coletiva em um hotel de São Paulo como primeiro compromisso oficial no País

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Facebook Oficial Lewis Hamilton

O hexacampeão Mundial defendeu a permanência do GP Brasil na capital paulista, já que o contrato de Interlagos com a F1 vai até o fim de 2020.

Esportes de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Adoro a pista de Interlagos. Sou das antigas, mas, talvez, com os carros que temos hoje, a pista parece ser mais curta. Seria mais legal ter uma pista mais longa. Mas sempre temos que garantir a manutenção dos clássicos, e esse [GP Brasil em Interlagos] é um dos clássicos”, defendeu Hamilton, em entrevista coletiva realizada na tarde dessa quarta-feira, 13 de novembro.

A questão surge, por que o presidente Jair Bolsonaro defende a construção de um novo autódromo em Deodoro, no Rio de Janeiro, para receber a Fórmula 1. O projeto é polêmico, por envolver questões socioambientais e a viabilidade econômica do novo circuito.

“Temos um circuito histórico, então não precisa cortar mais árvores. Esse dinheiro pode ser investido em outras coisas, já que temos muita pobreza no Brasil”, completou o britânico.

Hamilton já vem ao Brasil como campeão da temporada 2019, mas pode alcançar as mesmas 11 vitórias em um só ano. Com isso, ele igualaria a sua própria marca de 2014.

LEIA MAIS

GP Brasil pode assistir ao estabelecimento de novas marcas na F1

Wolff não garante Mercedes na Fórmula 1 a partir de 2021