Mano Menezes diz que Flamengo “estabeleceu um novo parâmetro” no futebol brasileiro e admite reformulação no Palmeiras

Treinador já planeja temporada 2020 do Verdão ao lado da diretoria de futebol

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Agência Palmeiras

O técnico Mano Menezes disse após a derrota por 1 a 0 do Palmeiras para o Fluminense na noite da última quinta-feira (28) que o Flamengo “estabeleceu um novo parâmetro” no futebol brasileiro e que isso deve mexer com as estruturas do clube paulista.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Contratado para buscar o título após a saída de Felipão, Mano tem bom aproveitamento no comando, mas viu o Flamengo disparar e conquistar não só o Brasileirão, mas também a Copa Libertadores.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

“Eu sempre falo que o futebol é como é. A exigência que se tinha no futebol brasileiro era uma. E, para essa exigência, o Palmeiras estava muito bem preparado, assim como algumas equipes. Isso proporcionou dois títulos brasileiros e uma segunda colocação em um deles. O parâmetro mudou, o Flamengo estabeleceu um novo parâmetro. A exigência subiu e temos que fazer a leitura correta para nos prepararmos e para enfrentar o adversário mais preparado”, admitiu Mano após o revés no Maracanã.

“O torcedor passa a querer um outro futebol, a mídia trabalha em cima de outro futebol. Se cria uma ideia que nós temos que preparar para atender, se não vamos ter críticas, vai haver frustração e não vai ter sequência. Essa é a nossa realidade. O clube vai acenar com as mudanças objetivamente e a partir disso a gente encontra a medida certa para fazer o que precisamos fazer.”

O Palmeiras não fez bom jogo contra o Fluminense e perdeu por 1 a 0 com gol de Marcos Paulo ainda no primeiro tempo.

O time volta a campo no domingo, contra o próprio Flamengo, pela 36ª rodada do Brasileirão.

Leia mais:
Casagrande diz que Tite está na corda bamba e sugere três nomes para a Seleção