Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Dias após reconsiderar decisão de deixar clube, Maradona é saudado por torcida do Gimnasia e se emociona

Maradona decidiu deixar Gimnasia y Esgrima após pouco menos de três meses, mas voltou atrás

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

A história de Diego Armando Maradona com o Gimnasia y Esgrima de la Plata segue movimentada. Após assumir a equipe na metade de 2019 e pedir demissão pouco menos de três meses depois, ele reconsiderou sua decisão. Sua primeira partida após sua volta emocionou o Dios, como é chamado pelos argentinos.

Mesmo com a derrota para o Arsenal de Sarandí, Maradona se emocionou com a recepção que teve da torcida basurera – como são conhecidos os torcedores do Gimnasia:

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Não foi a primeira vez que a torcida do Lobo, apelido do clube, emocionou Maradona. Assim que ele reconsiderou sua saída, a torcida o saudou no centro de treinamento do Gimnasia:

O Gimnasia é o antepenúltimo colocado na Superliga (Campeonato Argentino) 2019/2020. Pior: como o rebaixamento na Argentina é por meio do chamado “promedio de puntos”, ou seja, a média geral das últimas três temporadas, o Lobo é o lanterna na tabela de rebaixamento. Apesar disso, Maradona confia que o clube sairá de tal situação:

Mais do Dios

A figura de Maradona, agora treinador no Gimnasia, sempre foi cercada de opiniões extremas. Muitos o odeiam, e outros tantos o amam e defendem. A comparação com Lionel Messi, por sinal, tem ficada cada vez mais forte a cada novo feito da Pulga. Diego, por sinal, também é cercado por diversas polêmicas. Alguns, porém, pouco ligam para a presença do Dios.

LEIA MAIS
Messi já esteve próximo de jogar no Arsenal, afirma ex-técnico gunner: “Na vida você vai passar por arrependimentos”
Messi não era expulso de um jogo desde 2005; amistoso marcava a estreia do atleta na Seleção da Argentina
Torcendo para não enfrentar River de novo, D’Alessandro se emociona com carinho da torcida: “Homens também choram”