Mauro Cezar diz que Gabigol “está se achando” e que Flamengo não depende dele

Dificuldade para definir permanência gerou crítica do comentarista ao atacante do Flamengo

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Gabigol não foi a campo pelo Flamengo na partida contra o Corinthians e o time não pareceu sentir a ausência do camisa 9, artilheiro do Brasil no ano.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Após o jogo, inclusive, o diretor de futebol Marcos Braz disse que a demora na definição do jogador para saber se fica ou não no clube é um problema para 2020.

No podcast Posse de Bola, do UOL, o comentarista Mauro Cezar Pereira comentou a ausência de Gabigol e a declaração do dirigente rubro-negro.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Segundo o jornalista, a cobrança interna do Flamengo é de que o atacante “está se achando”.

“O que está acontecendo com o Gabigol, e isso é dito internamente não pelos dirigentes, é que a marra está muito grande. O nariz está lá em cima, até os repórteres que convivem com ele percebem, o peito estufado, o cara está se achando. Claro que não é por acaso, ele está brilhando muito na temporada, mas ontem o time mostrou que não depende só dele”, disse o comentarista.

A grande partida de Bruno Henrique contra o Corinthians, marcando três gols, foi elogiada por Jorge Jesus e, segundo Mauro, pode ter sido um recado para Gabigol.

“O Bruno Henrique ontem foi muito elogiado pelo português, pela humildade dele e no final do jogo estava marcando e fazendo desarme. Eu entendi como um recado. Na quarta-feira ele fala que não basta jogar bem, tem que ter características, controle emocional inclusive. Ontem ele elogia o cara que assume a função de ser o goleador na ausência do camisa 9.”

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Leia mais:
Conmebol fará reunião com as partes para ‘revisão’ da final em jogo único da Libertadores