Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Neymar, Douglas Costa e mais: jogadores vão às redes sociais para prestarem apoio a Taison e Dentinho após caso de racismo

Atacantes brasileiros do Shakhtar Donetsk foram vítimas de racismo, responderam e receberam apoio de atletas

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Reprodução

As respostas de Taison e Dentinho aos torcedores racistas do Dínamo de Kiev após as ofensas proferidas durante o clássico contra o Shakhtar no último domingo (10) foram bem recebidas por jogadores brasileiros, que foram aos comentários para prestarem apoio aos companheiros.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O post de Taison, que é comumente visto nas redes sociais defendendo a luta contra o racismo, recebeu uma série de respostas positivas.

Veja abaixo alguns atletas que foram à publicação do atacante, que esteve na Copa do Mundo de 2018 pela Seleção Brasileira:

Reprodução/Instagram

Douglas Costa, que jogou no Shakhtar, foi quem escreveu o comentário mais contundente e na linha do posicionamento de Taison: “orgulho de ser negro meu mano”

Neymar também prestou apoio ao atacante ex-Internacional: “Só vai… Tamo contigo irmão”

racismo taison e dentinho

Reprodução/Instagram

racismo taison e dentinho

Reprodução/Instagram

Outros dois ex-companheiros de Shakhtar, ambos agora no Campeonato Inglês, prestaram apoio a Taison.

Bernard foi contundente e escreveu que a Ucrânia é um “país atrasado”, enquanto Fernandinho disse para o ex-companheiro ficar “firme e forte” e que “ignorante tem em todos os lugares”. O volante ainda deixou uma mensagem que intrigou alguns fãs do ex-Inter: “nos vemos em breve aqui em Manchester!”

A publicação de Dentinho também rendeu uma série de respostas de personalidades do futebol, especialmente de ex-companheiros de Corinthians, clube que também se posicionou em apoio aos atletas.

Reprodução/Instagram

Reprodução/Instagram

Éverton Ribeiro, atual capitão do Flamengo e que subiu para os profissionais do Timão junto com Dentinho, foi enfático: “nunca se cale por conta desses covardes”.

Ex-atleta e também ex-companheiro do atacante no Corinthians, Amoroso disse que sente a mesma “dor e indignação” do jogador.

Reprodução/Instagram

racismo taison e dentinho

Reprodução/Instagram

O comentarista Ronaldo Giovanelli, ídolo do clube paulista, e Julio César, outro que saiu da base do Corinthians e conviveu com Dentinho por vários anos, se posicionaram a favor do amigo.

“Estamos nessa luta!”, escreveu Ronaldo, enquanto Júlio César deu forças ao atacante: “você é maior que tudo isso!”

O caso

Torcedores do Dínamo de Kiev, que era visitante na partida contra o Shakhtar, imitaram sons de macacos e entoaram ofensas racistas contra Taison e Dentinho durante o clássico do Campeonato Ucraniano. Revoltados, ambos os jogadores decidiram deixar o gramado. O ex-Inter mostrou o dedo médio aos racistas e acabou expulso pelo árbitro, o que gerou ainda mais revolta.

Leia mais:
Dentinho diz que viveu “pior dia da vida” após caso de racismo: “chorei muito”

Taison desabafa após ser vítima de racismo na Ucrânia: “Minhas lágrimas foram de indignação e impotência”