Palmeiras x Corinthians no Pacaembu foi estopim de rixa entre Felipão e Tite

Treinadores eram amigos, mas viram um dérbi no Pacaembu encerrar relação

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução

Os clássicos entre Palmeiras x Corinthians do início da década foram marcados pelo confronto entre Felipão e Tite, com vantagens para o corintiano, especialmente em 2011.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Porém, no início do fatídico ano que representou uma virada na história do treinador, um episódio colocou fim à relação de ambos, que até então era de amizade.

Isso porque no início daquele ano o técnico Tite ficou na corda bamba no Corinthians. O clube foi eliminado pelo Tolima na Copa Libertadores, Ronaldo e Roberto Carlos se aposentaram, mas Andrés Sanchez segurou o treinador.

Porém, o jogo seguinte à eliminação era justamente um dérbi. Felipão, então, em entrevista coletiva antes do jogo disse que “gostaria de perder” o clássico para que o emprego de Tite fosse mantido. O comandante corintiano não gostou nada da “compaixão”, a qual entendeu como provocação.

“Cada um tem que cuidar da sua casa. E cuida bem da mulher que ele tem em casa, porque se cuidar da mulher do vizinho, os caras vão ‘chapar’ a mulher dele. Ele não tem que achar justificativa no Palmeiras para não ter conseguido o primeiro ou segundo lugar no Campeonato Brasileiro (lembrou de 2010). Eu tentei apenas dizer que a derrota de um time proporcionar a saída de um bom técnico era um absurdo e que, se fosse isso, eu gostaria de perder”, disse Felipão para explicar a frase sobre Tite.

No jogo que Felipão “gostaria de perder”, o Corinthians venceu com gol de Alessandro pelo Paulistão.

O fatídico Dérbi

Tite não engoliu bem a frase de Felipão e Palmeiras x Corinthians chegaram à semifinal do Campeonato Paulista de 2011 com os técnicos pouco se olhando nos olhos.

Foi então que, durante a partida eliminatória, ambos começaram uma discussão no gramado e Tite provocou Felipão:

“Fala muito! Fala muito!”

A frase ficou marcada e virou meme no Brasil a partir dali. Os times empataram no tempo normal e o Corinthians chegou á decisão.

Ambos jamais se falaram e disseram publicamente que guardam mágoa um do outro.

Relembre o “Fala muito!” de Tite:

Relembre a partida:

Leia mais:
O que Palmeiras x Corinthians e Lula têm em comum?