Pardal busca “último“ objetivo pelo Corinthians e deixa futuro em aberto

Zagueira disputa a final do Paulista Feminino com o Corinthians neste sábado, às 11h, contra o São Paulo

Papo de Mina
O "Papo de Mina" é um projeto independente de jornalismo, que visa fortalecer a presença da mulher no ambiente esportivo e em todas as áreas da comunicação. Neste espaço você vai ler, ouvir e ver mulheres que vivem o esporte, mas que também falam sobre diversos assuntos. Nos siga nas redes sociais e acompanhe!

Por Livia Camillo e Tayna Fiori

A zagueira Ingrid Frisanco, a Pardal, ganhou tudo o que podia com o Corinthians. Ou quase tudo. No currículo, soma um Campeonato Brasileiro, uma Copa do Brasil e, com a mais recente conquista em 2019, duas Copas Libertadores da América. Mas em quase quatro temporadas no clube, contando desde a reativação da equipe em parceria com o Osasco Audax, a jogadora ainda tem um último objetivo: levantar o título do Campeonato Paulista Feminino.

Neste sábado, Pardal entra em campo na Arena Corinthians, às 11h, diante do São Paulo, para “zerar” a responsabilidade com o time na temporada. Afinal, por fazer parte da defesa menos vazada do Paulista, com apenas  sete gols sofridos em 19 partidas, a zagueira é uma  das cotadas a integrar a seleção do torneio.

“A expectativa para esse ano era chegar em [finais de] todos os três campeonatos, e conseguimos. Nossa situação é muito boa e favorável, porém trabalhamos muito para que chegássemos nesse nível alto”, disse Ingrid ao Torcedores.

Projetando o próximo ano, a camisa 3 deixa em aberto a possibilidade de atuar fora do País, caso saia vitoriosa de Itaquera: “Primeiro, [quero] ganhar esse Paulista, porque é o último que falta no meu currículo, e depois descansar para chegar firme e forte no ano que vem, independente de onde eu estiver.”

Casa cheia

O ineditismo da possível conquista se une, desde o anúncio de ingressos esgotados para a final, à ansiedade de ver a casa cheia. Apesar de ser a terceira decisão só nesta temporada, Pardal demonstra uma animação única por jogar na Arena. A presença em peso da torcida torna o momento muito mais especial.

“Muda completamente [o peso do jogo]. A Fiel comparecendo e apoiando os 90 minutos. Nos ajuda muito dentro de campo. Podem esperar muita raça e muita entrega dentro de campo [durante] os 90 min.”

Centenária no Timão

Pardal completou 100 jogos com a camisa do Timão em março de 2019. Uma marca notável no futebol, principalmente pelo “status” de ídolo que conquistou. A zagueira, que recebeu homenagem com direito a ação de marketing nas redes sociais no dia jogo centenário – estreia do Campeonato Brasileiro, com vitória diante da Ponte Preta por 4 a 1 -, ressaltou a importância do clube em sua carreira.

“Estou vivendo um momento muito especial com a camisa do Corinthians. Duas Libertadores, Copa do Brasil, [disputa dos] Brasileiros e, agora, o Paulista. É muito gratificante bater a marca de mais de 100 jogos com essa camisa também. Para mim é uma questão de honra fazer parte desse time de tanta expressão no futebol feminino. Um sonho sendo realizado.”

Relembre a homenagem abaixo:

Homenagem – Pardal 100 jogos

Hora de ver como foi a surpresa feita para comemorar os 100 jogos da zagueira Pardal pelo Timão!Confere aí, Fiel!#VaiCorinthians #SCCP #Timão #FutebolFeminino #AquiÉCorinthians #RespeitaAsMinas #CaleOPreconceito #FielTorcedor #ÉPositivo #CorinthiansÉPositivo #MindsIdiomas #MindsOnlineEPresencial #Fitpulley

Posted by Corinthians – Futebol Feminino on Tuesday, March 19, 2019

Leia mais

Colunistas Torcedores falam sobre decisão do Campeonato Paulista Feminino

Confira o calendário da Seleção Feminina em 2020