Parede se irrita com nova derrota do Inter: “Temos que ter mais vergonha na cara”

Atacante iniciou no banco e entrou no segundo tempo da derrota de 2×0 diante do Ceará nesta quinta-feira

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Site Inter

A entrevista mais forte dos jogadores do Inter depois da derrota de 2×0 para o Ceará, nesta quinta-feira, fora de casa, veio de Guilherme Parede. Habitual titular com o técnico Zé Ricardo, ele dessa vez iniciou no banco e entrou na etapa final, sem muitas ações na partida. No fim, reconheceu que está faltando “vergonha na cara” ao grupo.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Temos que ter mais vergonha na cara, porque não podemos mais perder do jeito que a gente perdeu hoje aqui”, disparou.

Em tom mais comedido, o lateral-esquerdo Uendel lamentou a chance perdida de se aproximar do G-4:

“É reta final, a gente viu ontem o Corinthians vencendo e abrindo pontos. Nossa briga pelo G-4 fica mais difícil. Temos 21 pontos e agora é erguer a cabeça. Não pode mais escapar esses pontos”.

A segunda derrota seguida do Inter no Brasileirão atrasa o clube na briga pela Libertadores. O time é o 8° com 46 pontos e no domingo, 16h, recebe o Fluminense.

LEIA MAIS:

Ex-Grêmio irrita D’Alessandro e outros jogadores do Inter em vitória do Ceará: “No 0x0 estava pianinho”

Torcedora admite que quis “viralizar” ao tirar roupa na Arena e jornalista abandona programa ao vivo

Renato comenta vitória do Grêmio no Gre-Nal: “Foi um massacre, Paulo Victor era telespectador”

Conduta de Sobis durante o Gre-Nal chama a atenção, mas direção faz defesa: “Ninguém está satisfeito”

Siga o autor:

No YouTube

No Instagram