Presidente do Flamengo avisa: “Vamos dar a vida para conseguir o Mundial”

Rodolfo Landim comenta série de títulos conquistados em poucos dias e mira faturar o último troféu em disputa para o Rubro-Negro na temporada

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook/Clube de Regatas do Flamengo

O ano de 2019 do Flamengo foi para eliminar quaisquer descrenças em torno do potencial do elenco e do treinador. Com as conquistas do Campeonato Carioca, Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro fechou a temporada de forma quase impecável. Só faltou o título da Copa do Brasil. Até a Florida Cup, torneio de pré-temporada, foi abocanhada pelo clube da Gávea. O sucesso deixou vazio e insuficiente o dicionário do presidente Rodolfo Landim na hora de explicar a emoção sentida recentemente.  

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

“Sem palavras para descrever tudo que vivemos nesses últimos dias. Com certeza um momento inesquecível. Ficará guardado para sempre na minha memória. A partida de ontem (quarta-feira, contra o Ceará, com vitória do Fla, por 4 a 1, no Rio de Janeiro, pelo Brasileirão) foi para coroar tudo isso. Poder comemorar esses dois títulos com o Maracanã lotado é algo indescritível. Uma sensação única”, disse Landim, que mira a cereja do bolo vermelho e preto.  

“Foi um ano maravilhoso, e queremos terminar com mais um título. A gente sabe a importância de uma conquista como o Mundial e, mais uma vez, vamos dar a vida para conseguir. Dentro de campo estamos mantendo foco e, independentemente dos títulos (Libertadores e Brasileiro) já conquistados, nossa equipe sempre entra para fazer o melhor em busca da vitória”, concluiu. 

No dia 17 de dezembro, terça-feira, às 14h30 (de Brasília), o Flamengo estreia no Mundial de Clubes da Fifa, já na fase semifinal, contra o vencedor do jogo entre Al-Hilal (Arábia Saudita) e Espérance de Tunis (Tunísia). Se passar, terá como adversário na disputa da taça uma das seguintes equipes: Liverpool (Inglaterra), Monterrey (México), Al-Sadd (Qatar) ou Hienghène (Nova Caledônia). 

 

Leia também:

Jorge Jesus ressalta ‘sede’ de vitória do Flamengo e comemora título: “Os campeões querem sempre mais”

Palmeiras x Flamengo: Assista ao gol da final do Brasileirão Sub-20