Quem deve substituir Emery no Arsenal?

Com desempenho abaixo do esperado na temporada, o cargo de Emery fica ameaçado após 18 meses no Arsenal. Freddie Ljunberg e Massimiliano Allegri  na lista de quem pode ser o próximo treinador dos Gunners.

Igor Fonseca
Torcedor do Arsenal formado em Jornalismo que ama o Futebol Internacional.

Crédito: O Italiano ganhou vários títulos em poucas temporadas na Juventus.

Rumores da saída de Unai Emery começam a aumentar em Londres. Segundo vários jornais, Raul Sanlhehi e Edu Gaspar procuram substitutos para o cargo. A insatisfação da torcida junto aos maus resultados trouxeram Emery a este ponto antes do esperado. O elenco parecia renovado depois de investir pesado na janela de transferências em nomes como Kieran Tierney e Nicolas Pépé. Entretanto, os resultados dentro de campo não ajudaram Unai. O Arsenal conquistou apenas 18 pontos em 13 jogos na Premier League. Nenhuma vitória nos últimos 5 jogos e desempenhos que também não encantam. Então: Quem deve ser o substituto mais adequado para o Arsenal?

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Massimiliano Allegri: Opção de treinador experiente

11 Títulos em 5 temporadas não podem ser subestimados. Porém, ele seria uma escolha parecida com Emery. Certamente há pontos positivos para uma chegada de Allegri. É um treinador que criou seu nome na Itália e é respeitado na Europa. Problemas de vestiário, que foram tema comum da vida de Emery no Arsenal tem tendência a diminuir. Situações como a de Granit Xhaka e Mesut Özil, por exemplo, devem ocorrer com menos frequência. Porém, Allegri apresenta algumas das características que Emery tem.  Um treinador que é taticamente flexível, mas não se provou fora da Itália ainda e não sabe falar inglês. Devido ao caos que o Arsenal vive, é possível enxergar que os torcedores necessitam de uma identificação com o treinador, algo que nunca aconteceu com Emery. Foi claro também que a barreira da linguagem foi grande demais para Emery superar.

Arteta ajudou o Arsenal a quebrar uma seca de títulos. Na final, os Gunners venceram o Hull City.

Foto: Divulgação/ Arsenal

Mikel Arteta: O improvável

Sob instruções de Guardiola há quase 3 anos, Arteta definitivamente tem o pedigree. Não só isso, Mikel Arteta teve uma passagem de 5 temporadas nos Gunners. Ele entende o que representou Arsène Wenger e chegou a ser capitão durante parte de seu tempo em Londres. Foi com Arteta no meio de campo que o Arsenal quebrou uma de suas maiores secas de título na história do clube, em 2013-14, levantando a FA Cup. Logo após a saída de Arène Wenger, o nome dele foi bastante especulado até o último minuto, quando o Arsenal resolveu ir com Emery. Porém, como as coisas andam no Manchester City, parece que Mikel Arteta está pronto para assumir o trono após Guardiola. Será, então, que Arteta deixaria a chance comandar essa equipe do City pela ligação emocional com o Arsenal? É difícil imaginar. Apesar de ser uma ótima ideia, não é a realidade.

Nunu comandou o Wolves para duas temporadas de sucesso na Inglaterra. Será o próximo passo do Português no Arsenal?

Foto: Divulgação/ Wolves

Nuno Espirito Santo: Do Wolves para o Arsenal- um passo muito grande?

O Português chegou à Inglaterra há pouco mais de 2 anos, mas teve, definitivamente, um impacto positivo no Wolverhamptom. Trazendo o clube da segunda para a primeira divisão em um ano e, no ano subsequente, levando à Europa League. No meio tempo, montando um esquadrão português nos Wolves e criando uma equipe que venceu vários dos times considerados do ‘Top 6’ na temporada anterior. Nuno Espirito Santo se provou como ótimo treinador, mas será o passo muito grande para ele? Saindo de um clube com pouca pressão para o Arsenal onde tudo anda fervendo no momento. Ele comandou o Valência nas temporada 2014/15 e 2015/16, mas foi demitido no meio de sua segunda campanha no clube. Talvez seja muito cedo para Nuno apesar de suas credencias de bom treinador.

Lenda no clube, o ex-ponta pode apresentar ideias que ajudem o Arsenal a sair dessa posição

Foto: Divulgação/ Arsenal

Freddie Ljunberg: Lenda do Arsenal e favorito para assumir

Com status de Lenda no clube, Freddie Ljnunberg é, atualmente, assistente técnico de Emery. Anteriormente, ele comandou equipes da categoria de base do Arsenal e foi promovido para assistente técnico nesta temporada. Como alguém que está dentro do clube, uma transição seria refrescante, mas, ao mesmo tempo, facilitada. Entretanto, Freddie, assim como Arteta, nunca comandou uma partida como treinador e isso pode contar contra ele. Neste caso, seria a solução mais fácil. Freddie assumindo como interino até que o Arsenal se resolva. Caso ele se dê bem, quem sabe não continua no cargo?! O ponto negativo, por outro lado, é ver o que acontece no Manchester United. Após apontar um ex-jogador e lenda do clube, torcedores dão mais tempo e dirigentes são relutantes para demitir. Durante seu tempo no Arsenal, Freddie conquistou 9 títulos, jogando 328 partidas e marcando 72 gols. Será que é a hora de deixar ele assumir?

Patrick Vieira no comando do OGC Nice na Ligue 1

Foto: Divulgação/ OGC Nice

Patrick Vieira: Escolha dos Torcedores.com

Se Ljunberg é lenda dos Gunners, Patrick Vieria é uma instituição acima. Ele foi capitão da equipe que foi invicto em 2003-04. Até hoje, torcedores do Arsenal se perguntam “Quem será o próximo Vieira?” de tão influente que o Francês foi no meio de campo dos Gunners. Ele jogou mais de 400 partidas entre 1997 e 2005. No momento, ele comanda o OGC Nice na Ligue 1 e ocupa a 15º posição em sua segunda temporada como treinador. Em 2018-19, ele tirou o clube da zona de rebaixamento e terminou o campeonato em 7º. Além disso, Vieira teve passagem de 2 anos como treinador do New York City na MLS. Para ele conta a favor é o pouco de experiência que ele já tem em comparação aos outros que são considerados. Além de impor uma figura de respeito.