Ramires projeta 2020 melhor no Palmeiras: “Terei o ano inteiro com a equipe, estarei zerado”

Ramires esteve em campo com o Palmeiras neste domingo (24), contra o Grêmio

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

Crédito: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação

Contratado no decorrer deste ano, o volante Ramires sofre com lesões e não conseguiu ter um início de sucesso no Palmeiras. Sem chance do clube conquistar título em 2019, o camisa 18 já começou a projetar uma temporada melhor em 2020, para ele e o clube alviverde.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Ramires entrou em campo neste domingo (24), quando o Verdão foi derrotado para o Grêmio por 2 a 1, em pleno Allianz Parque, e viu o Flamengo se sagrar campeão do Campeonato Brasileiro com antecedência.

Após a partida, o jogador falou da volta a campo e dos dias não tão bons no Palmeiras.

“Eu procurei me concentrar na minha recuperação, no trabalho interno, para quando voltasse para campo não tivesse incômodo. Estou me sentindo muito bem. Foram alguns dias de tristeza, a gente fica meio cabisbaixo. Mas sempre trabalhando forte. Meu objetivo é entrar em campo e poder ajudar, na minha melhor forma. Estou procurando fazer isso. Trabalhar quieto e dar a resposta dentro de campo. Pelo o que foi dado eu só voltaria no ano que vem, mas voltei a tempo de pegar alguns jogos. Terei o ano inteiro com a equipe, estarei zerado”, disse Ramires, ao site GloboEsporte.com.

Ramires foi contratado pelo Palmeiras em junho, quando já não tinha contrato desde que rescindiu com o Jiangsu Suning, da China. O jogador vinha de lesões na Ásia e antes de estreat no Verdão precisou de um tratamento especial dos médicos do Alviverde.

LEIA MAIS:

Com gols de Veron e Gabriel Silva, Palmeiras vence o Red Bull Brasil e é campeão do Paulistão Sub-20

Jogador do São Paulo que fraturou o nariz em ‘pancadaria’ da final do Paulistão sub-17 critica Palmeiras: “Foram covardes”