Renato Gaúcho evita falar sobre saída de Tardelli do Grêmio e diz que conta com todos os jogadores

Treinador do Grêmio se esquiva sobre possível saída de Tardelli do Grêmio e afirma: “todo mundo tem contrato, são jogadores do Grêmio, eu conto com eles”

Cleverton Silva
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução / YouTube/ Canal Oficial do Grêmio

O Grêmio está em meio à disputa por vaga na Libertadores. Porém, uma polêmicas gira em torno da equipe gaúcha. Tardelli, em comentário respondendo à um torcedor, deu a entender que está de saído o Imortal.

Brasileirão Série C, Copa Sul-americana e os campeonatos Italiano, Francês, Japonês e Norte-americano. Experimente o DAZN Brasil de graça por 1 mês!.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O treinador do Grêmio, Renato Gaúcho, se esquivou das perguntas sobre a saída de Tardelli. Porém, o treinador foi enfático ao dizer que conta com todos os seus jogadores, pelo menos até o fim do Brasileirão.

“O Tardelli é jogador do clube. Como qualquer outro jogador do clube que esteja aqui, e que a gente precise dele para nos ajudar nessas últimas partidas. Quando acabar o campeonato, se algum jogador achar que deva sair do Grêmio, aí tem a diretoria, o presidente. Aí eles (jogadores) vão conversar com essas pessoas e se entenderem. Aqui ninguém tá mandando ninguém embora não”, declarou Renato Gaúcho.

O técnico e ídolo do Grêmio ainda foi veemente ao afirmar que quer que todos os seus jogadores ajudem à atingir o objetivo do Tricolor Gaúcho, que é a vaga direta na Libertadores de 2020.

“Todo mundo tem contrato, são jogadores do Grêmio, eu conto com eles. Agora, no momento em que acabar o campeonato, é outra história. Aí, se alguém tem alguma manifestação, se alguém quer fazer alguma colocação, se alguém quer sair, bom, aí é sentar com a diretoria, com o presidente e eles resolvem o problema. A minha preocupação agora, com os atletas do Grêmio, é a gente conseguir a classificação direta para a Libertadores. Até lá, todo mundo é empregado do clube. E até lá, todo mundo tem que dar o máximo de si para a gente conseguir nosso objetivo”, disse Renato Gaúcho.

LEIA MAIS