Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Charles fala sobre “redenção” no Sport: “Melhor decisão que poderia ter tomado”

De acordo com dados do Footsats, volante do Leão é o maior desarmador de jogadas no certame nacional

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter @cidovieira90.

Crédito: Anderson Stevens - Divulgação - Sport

Um dos destaques na campanha vitoriosa e ascendente do Sport na Série B, o volante Charles conseguiu dar a volta por cima após uma temporada de 2018 complicada, marcada por lesões e pouco espaço no Internacional. Contratado pelo rubro-negro por empréstimo no início deste ano, o jogador reencontrou seu melhor futebol e foi um dos pilares do sistema defensivo de meio-campo da equipe, ficando notório por diversas roubadas de bola.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

Em entrevista ao site Superesportes, Charles classificou a sua chegada no Leão como a melhor escolha que podia ter feito para sua carreira, destacando a redenção vivida com a camisa leonina.

“Desde a minha chegada foi muito tranquilo. Fiquei com um pouco de receio, pois foi a primeira vez que saí de Porto Alegre. Todos me receberam da melhor forma possível. Gostei muito do clube e da cidade. Tenho muito carinho por tudo o que vivi neste ano e estou aproveitando cada minuto. Minha vinda foi muito válida, acho que foi a melhor escolha que poderia ter feito. Fui muito bem acolhido aqui no Recife e estou muito feliz aqui”.

“Eu vim para jogar e mostrar meu trabalho. Ano passado tive lesões que atrapalharam muito o meu desempenho. Foi para me valorizar profissionalmente, precisava sair de lá (Porto Alegre) para abrir novos caminhos e enxergar novas possibilidades na carreira. Foi o que eu fiz e tenho certeza, hoje, que foi a melhor decisão que eu poderia ter tomado para o meu crescimento profissional”.

Questionado sobre seu futuro, o jogador manifestou o desejo de permanecer no Leão. Contudo, deixou a negociação sobre uma eventual permanência ou não para os presidentes dos dois clubes e seu empresário.

“Recebi algumas coisas, sim. Chegaram com meu empresário, a gente sempre mantém contato. Eu estou muito feliz aqui, mas o Inter quer que eu volte para me reapresentar lá. Quero terminar essa semana e ver o que vai acontecer. Não tenho como dar uma resposta concreta, mas quero deixar claro que estou muito feliz aqui. Minha esposa gostou muito da cidade e isso pesa muito. O Sport é um clube muito grande, se eu ficar, estarei muito contente por estar usando uma camisa tão pesada quanto é a do Sport, mas sabemos que não depende só de mim. Os presidentes (do Sport e do Internacional) precisam conversar, meu empresário também, para que as coisas se resolvam da melhor maneira possível”.

LEIA MAIS: