Há dois anos, Walter e Gabriel levantavam o Brasileirão pelo Corinthians

Os dois jogadores estavam no elenco do Corinthians campeão brasileiro de 2017

Otávio Silva
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

O Corinthians vive um momento de reconstrução, mas o dia 15 de novembro é especial para dois atletas do atual elenco. Walter e Gabriel foram fundamentais para que em 2017 o time fizesse uma grande campanha e levantasse a taça do Brasileirão daquele ano. A maior curiosidade é que o treinador no época era Fábio Carille, que acabou sendo demitido na atual temporada.

Com o meu BMG Corinthians o seu time sempre ganha. Abra sua conta!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Naquele ano o Timão chegou aos 72 pontos e venceu o campeonato com nove pontos do vice-colocado, que foi o Palmeiras. Com o técnico Coelho, Walter e Gabriel ganharam mais oportunidades este ano.

Walter foi titular na última rodada, defendeu uma penalidade e ajudou a equipe a chegar aos três pontos depois de nove jogos sem vencer. Já Gabriel em 2017 atuou em 30 partidas e foi peça fundamental da conquista do titulo nacional. Na atual temporada foram 64 partidas e o titulo do Paulistão.

“Muito bom relembrar esse titulo brasileiro, ainda mais por ter sido no meu primeiro ano no clube. É um titulo que vai ficar marcado para sempre na minha carreira e tenho orgulho por ter deixado meu nome marcado na história do clube. Estou trabalhando forte para conquistar neste Brasileirão a vaga para a Libertadores”, comentou o volante.

Gabriel Corinthians Al-Hilal

Gabriel em ação pelo Corinthians – Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians

Na atual temporada o Alvinegro ocupa a sexta posição da tabela e estaria se classificando para a Libertadores de 2020. Walter, principal nome na conquista do brasileiro e Paulistão de 2017, não vem atuando com certa frequência. Foram nove partidas até o momento.

“Fico feliz de fazer parte da história do clube. Estou aqui há seis anos, vivo o clube como fosse minha casa, faço parte deste grupo campeão. Trabalho duro para honrar a camisa do timão”, completou o goleiro.

Leia mais:

Santos: Felipe Jonatan se anima com expectativa de Vila lotado e projeta clássico contra o São Paulo

Em alta, Santos busca o segundo lugar do Brasileirão; veja a combinação de resultados na 33ª rodada