No aniversário de Keirrison, relembre 10 contratações bizarras do Barcelona

Contratado pelo Barcelona em uma das negociações mais inesperadas e bizarras da história do clube, Keirrison completa 31 anos nesta terça-feira (3)

Luis Felipe Pereira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/ Youtube

A terça-feira (3) marca o aniversário de 31 anos de um jogador lembrado por sua passagem pelo Barcelona, mesmo sem atuar em nenhuma partida oficial com a camisa do clube catalão. Keirrison ficou conhecido por protagonizar uma das transferências mais surpreendentes e frustrantes da história do Barça e após uma impressionante queda na carreira encontra-se sem clube atualmente. A negociação envolvendo o brasileiro não foi a única questionável envolvendo a equipe azul-grená. Relembre 10 contratações bizarras feitas pelo Barcelona:

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

1) Keirrison

O aniversariante do dia encabeça a lista indesejada. Após se destacar no Coritiba e ter uma ascensão meteórica em cinco meses no Palmeiras, o centroavante foi contratado por 14 milhões de euros pelo Barcelona, mas nunca chegou a atuar oficialmente pela equipe. Após empréstimos para Benfica, Fiorentina, Santos e Cruzeiro, retornou ao Coxa em mais duas passagens, alternadas por períodos no Londrina e no Arouca, de Portugal. Seu último clube foi o CSA, em 2019, onde ficou apenas uma semana e sequer entrou em campo.

2) Douglas

A contratação do lateral-direito pelo Barça em 2014 entrou para o folclore do futebol e rende memes até os dias atuais. Com passagens por Goiás e São Paulo, Douglas foi negociado com o Barcelona por 4 milhões de euros e teve uma passagem extremamente apagada pelo clube, somou apenas oito jogos oficiais em cinco anos de contrato, sendo emprestado para Sporting Gijón, Benfica e Sivasspor antes de se transferir a custo zero para o Besiktas em 2019.

3) Alexander Hleb

O jogador nascido na Bielorrússia teve uma passagem bastante apagada pelo Barcelona entre 2009 e 2012. Contratado junto ao Arsenal, passou por vários empréstimos e realizou apenas 36 jogos (sem marcar nenhum gol) com a camisa do clube catalão. Atualmente, aos 38 anos, joga pelo Isloch Minsk Raion, equipe bielorrussa.

4) Arda Turan

O meia turco certamente não fez valer os 34 milhões de euros investidos pelo Barça em sua contratação junto ao Atlético de Madrid em 2015. Com 55 jogos, 15 gols marcados e 11 assistências, não conseguiu se firmar entre os titulares, além de se envolver em polêmicas extra-campo. Tem contrato com o Barcelona até 2020 e encontra-se emprestado ao Basaksehir, da Turquia.

5) Dmytro Chygrynskiy

O zagueiro ucraniano de 33 anos é mais uma daquelas negociações difíceis de explicar. Contratado junto ao Shakhtar Donetsk em 2009 por 25 milhões de euros, fez apenas 14 jogos pelo Barça e teve uma péssima passagem de apenas uma temporada antes de retornar à Ucrânia. Hoje defende o AEK Athens, da Grécia.

6) Fábio Rochemback

Foi contratado em 2001 por 9 milhões de euros com a missão de substituir ninguém menos que Pep Guardiola, porém não conseguiu chegar perto de atingir este feito. Com 70 jogos, cinco gols e um empréstimo de dois anos ao Sporting, Fábio Rockemback foi negociado com o Middlesbrough em 2005 e não deixou saudades no Camp Nou.

7) Henrique

O zagueiro que vinha de boas temporadas por Coritiba e Palmeiras e despontava como um talento promissor chegou ao Barcelona em mais uma contratação surpreendente no ano de 2008. Após empréstimos para Bayer Leverkusen, Racing Santader e para o próprio Verdão, Henrique voltou ao Brasil de graça sem ao menos ter atuado oficialmente com a camisa do Barça. Hoje, aos 33 anos, defende o Ittihad Kalba, dos Emirados Árabes.

8) Alexandre Song

Contratado em 2012 pelo Barcelona junto ao Arsenal por 19 milhões de euros por sua versatilidade, Song jamais justificou o valor nele investido. Com um gol em 65 jogos, foi emprestado ao West Ham até o fim de seu contrato, em 2016. Atualmente joga no Sion, da Suíça.

9) Rustu Recber

Talvez o nome não seja familiar, mas você certamente se lembra do goleiro da Turquia que dificultou a vida do Brasil na Copa do Mundo de 2002. Rustu chegou ao Barcelona em 2003, contratado junto ao Fenerbahce, porém nunca conseguiu se firmar na equipe. Sem conseguir falar espanhol, perdeu espaço para o jovem Victor Valdés e após sete jogos com camisa do clube catalão, retornou ao time turco em 2006.

10) Christophe Dugarry

O atacante francês teve uma passagem frustrante e curta pelo Barcelona no fim dos anos 90. Contratado junto ao Milan em 97, fez apenas sete jogos pelo clube espanhol e não marcou nenhum gol. Quatro meses após sua chegada, foi vendido ao Olympique de Marseille.

LEIA MAIS:

Momento fofura: filhos de Messi roubam a cena durante comemoração da sexta Bola de Ouro do argentino; assista