Após subir de categoria, Renato Moicano quer luta contra Clay Guida no UFC Brasília

Lutador brasiliense pede duelo  no combate principal do evento, marcado para o dia 14 de março. Renato Moicano subiu de categoria e agora está no peso-leve

Jéssica De Paula Alves
Jornalista amapaense migrada em Belo Horizonte (MG). Nascida em março de 1990, é gremista e adora esportes desde a infância. Faixa branca em jiu-jitsu, também é fã de rock e ama unir suas paixões.

Crédito: Reprodução/Facebook

Após ser derrotado por nocaute técnico em suas duas últimas lutas, Renato Moicano subiu de categoria e agora está no peso-leve. Assim, ele pede um duelo contra  Clay Guida no UFC Brasília. O evento está marcado para o dia 14 de março e o brasiliense quer combate no card principal.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Quero lutar na minha cidade, onde tenho muitos amigos e familiares. Seria muito legal lutar em março lá. Gostaria de lutar contra alguém que fosse bastante conhecido, quero a luta principal. Um cara que vem de sequência boa, é muito famoso e já lutou no Brasil é o Clay Guida. Eu acho que faria sentido”, disse.

Em entrevista ao site Combate, ele contou que vai atuar na nova divisão em seu próximo compromisso pelo Ultimate.

“Essa decisão tomei por causa dos meus técnicos. Eu queria permanecer no pena, mas alguns treinadores vêm falando há bastante tempo, principalmente o Mike Brown, para eu cortar menos peso, render melhor nas lutas. O Dan Lambert, dono da American Top Team, e o Conan (Silveira) também falaram isso, assim como meu empresário. Resolvi tentar fazer a minha próxima luta nos leves. (…) Meu peso tem aumentado e, em outra categoria, abro um leque maior de possibilidades, porque posso alternar entre os penas e os leves. É uma oportunidade de fazer mais lutas.

A saúde é uma preocupação para Renato Moicano e, como precisará cortar menos peso, irá sacrificar menos o corpo. Ele, no entanto, não sabe como vai reagir na nova divisão, afinal, há atletas que se adaptam bem à mudança de categoria, enquanto outros recuam da decisão após um insucesso.

LEIA MAIS

Renato Moicano é escalado para luta no UFC Greenville