Botafogo: vaga na Copa Sul-Americana significa busca por protagonismo em 2020

Livre da queda no Brasileirão, Glorioso busca agora se classificar para o torneio continental pela temporada temporada seguida

Jean Lucas
Jornalista, com passagens por Bandsports e FOX Sports. Fascinado por contar (e ouvir) histórias. Vive o futebol 48h por dia.

Crédito: Botafogo briga por vaga na Copa Sul-Americana na reta final do Brasileirão (Vitor Silva/Botafogo)

O susto vivido pelo Botafogo no returno do Campeonato Brasileiro chegou ao fim: com 42 pontos, o Glorioso está livre de qualquer chance de ser rebaixado. Agora, no entanto, a equipe do técnico Alberto Valentim precisa olhar para cima, e o objetivo parece bem claro aos alvinegros: a classificação para Copa Sul-Americana de 2020.

A permanência do Botafogo na Série A do Campeonato Brasileiro se deu de maneira indireta. Derrotado pelo Internacional no último sábado, o Alvinegro contou com a vitória do Vasco sobre o Cruzeiro para se garantir na primeira divisão. As duas rodadas finais da competição representam agora aos comandados de Valentim outra ambição.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Importância que vai além

A classificação para Copa Sul-Americana pode parecer apenas um prêmio de consolação. No entanto, o Botafogo tem mostrado que disputar o torneio continental é realmente importante, não sendo apenas uma simples participação. Caso consiga a vaga para edição de 2020, o Glorioso disputará o torneio pela terceira temporada consecutiva.

Nas duas últimas participações da equipe na competição – em 2018 e 2019 -, o Botafogo acabou eliminado na fase oitavas de final, justamente para dois brasileiros: Bahia e Atlético-MG. A sensação de decepção da torcida alvinegra foi notável, principalmente pelo apoio dos botafoguenses nos jogos da competição.

Jogadores admitem e reconhecem desejo por vaga

A tarde desta terça-feira foi de entrevista coletiva no Botafogo. Yuri e Marcinho comentaram o que significa para o Glorioso a classificação à Copa Sul-Americana. O discurso adotado pelos jogadores foi firme. 

Importantíssimo para nós e para o clube, principalmente. Também para a torcida, que nos apoiou esses jogos em casa. Um clube que estava brigando para não cair, terminar o ano na Sul-Americana é para exaltar. Um presente para a torcida e para nós”, analisou Yuri.

“Vale muito. Isso traz dinheiro e é importante para o clube. Importante para a torcida ter pelo que brigar. É de bastante valor uma boa classificação e almejar coisas maiores”, completou Marcinho.

Para os cofres e o calendário

Ainda que os valores para a edição de 2020 não estejam divulgados, disputar o torneio continental significa um reforço aos cofres. Neste ano, por exemplo, o Botafogo ganhou quase R$ 3 milhões apenas com as classificação nas duas primeiras fases da competição. Caso fosse avançando, cada classificação renderia ao Alvinegro pelo menos R$ 2 milhões. Para um clube que vive em crise financeira, o torneio é uma oportunidade para aliviar as contas.

Além de gerar receita – também por renda no Nilton Santos -, a participação na Sul-Americana é mais uma oportunidade de o botafoguense estar junto ao clube em 2020. Na próxima temporada, a equipe naturalmente disputará o Carioca, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro, três competições nacionais. Caso se classifique para Copa Sul-Americana, o torcedor alvinegro terá oportunidade de conferir o time em mais um disputa continental. 

Botafogo S/A e o protagonismo aguardado

O Botafogo ainda vive a expectativa da profissionalização do departamento de futebol do clube. Com a provável mudança, que pode acontecer ainda em dezembro, a Copa Sul-Americana surge como um torneio para o Glorioso retomar o protagonismo. Fora a Série B de 2015, o Alvinegro não conquista um título de porte nacional ou internacional desde 1995, com o Brasileirão de 2015.

Com a possível mudança, encabeçada pelos Irmãos Moreira Salles, será natural a volta do protagonismo ao Glorioso. A Copa Sul-Americana surge como a porta de entrada, e conquistar o torneio garante ao time relevância continental, que pode mudar o cenário do Botafogo em um curto espaço de tempo.

LEIA MAIS

Atlético-MG vai mudar contra o Botafogo; veja a provável escalação

Copinha 2020: FPF divulga tabela detalhada da primeira fase do torneio