Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Bragantino confirma time próprio de futebol feminino em 2020

Segundo CEO Thiago Scuro, equipe não utilizará parceiros para cumprir exigência da CBF

Denise Bonfim
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/Instagram Thiago Scuro, CEO do Red Bull Bragantino

 

Em entrevista concedida ao portal Globoesporte.com, o CEO do Red Bull Bragantino, Thiago Scuro, confirmou que o clube está se preparando para criar um departamento próprio de futebol feminino. O clube não lançará mão da terceirização da operação, estratégia utilizada por algumas equipes do futebol brasileiro. A prática se tornou comum nos grandes clubes em virtude da recente exigência da CBF.

Segundo Scuro, o Red Bull Bragantino está estruturando o departamento da modalidade. Ainda que o planejamento inclua uma ampliação de estrutura, a previsão é de que a equipe seja instalada fora de Bragança. O elenco e a comissão técnica devem ser anunciados em janeiro, a fim de disputar as competições previstas no calendário da CBF.

Exigência e parcerias

Desde janeiro de 2019, todos os clubes da Série A devem manter um time de base e um profissional de futebol feminino. A exigência nasceu como forma de incentivo a modalidade. Prática já conhecida no mercado da bola, a parceria com equipes já existentes possibilitou o cumprimento rápido da exigência. Assim como fez o Palmeiras, na capital, no início do ano.

 

A equipe alviverde firmou uma parceria válida por um ano com Prefeitura de Vinhedo – cidade a cerca de 60 km de São Paulo – no início de 2019. Assim como nesta temporada, o clube já se associou a outras instituições para disputar campeonatos femininos. São Bernardo (2005 – 2006), Salto (2008) e Bauru (2012) foram as outras equipes parceiras do Verdão.

 

O Corinthians, atual Campeão Paulista, começou a atual fase do seu futebol feminino com ao Audax. Juntos, os clubes foram campeões da Libertadores em 2017. Logo depois, em 2018, anunciou seu time próprio. Com algumas peças das campanhas anteriores e a reformulação do departamento, se estruturou para mais conquistas. Neste ano, o clube foi campeão da Libertadores, Paulista e vice-campeão Brasileiro.

LEIA MAIS 

QUEM É THIAGO SCURO, PRIMEIRA OPÇÃO PARA ASSUMIR O FUTEBOL DO PALMEIRAS 

CBF DIVULGA CALENDÁRIO DO FUTEBOL FEMININO EM 2020