Brasileirão 2019: veja como seria a classificação final sem o uso do VAR

Sem árbitro de vídeo, Libertadores e Sul-Americana 2020 teriam equipes diferentes; Campeão e rebaixados seriam os mesmos

Matheus Leal
Colaborador do Torcedores.com e do Hashtag Rubro-Negro.

Crédito: Reprodução

O Brasileirão 2019 chegou ao fim. Depois 38 rodadas, 380 jogos, muitos gols, emoção e inúmeras polêmicas, a competição se encerrou nesse domingo. Nesta temporada, a grande novidade do Campeonato Brasileiro foi a introdução do árbitro de vídeo. A tecnologia foi implementada e gerou bastante confusão no decorrer do ano, porém serviu para dar mais justiça ao torneio. No entanto, como seria a tabela final do Brasileirão 2019 se não fosse o VAR?

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

De acordo com um levantamento feito pelo jornalista Alexandre Siqueira, que cataloga a utilização do árbitro de vídeo desde a primeira rodada do Brasileirão, o Fortaleza estaria classificado à Libertadores 2020 e não o Internacional. A campanha do Leão do Pici teria sido ainda mais histórica com 56 pontos contra 53 do Colorado. Na parte de cima, tudo igual. Flamengo se manteria campeão, porém com dois pontos a menos, seguido de Santos e Palmeiras.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Na parte de baixo, o quarteto Cruzeiro, CSA, Chapecoense e Avaí seria rebaixado mesmo sem o VAR. A grande diferença teria sido o drama do Bahia, algo que não aconteceu. O tricolor seria o 16º colocado e não o Ceará. Esse, por sua vez, garantiria classificação à Sul-Americana.

Veja como seria a classificação final do Brasileirão 2019 sem a utilização do VAR:

LEIA MAIS

Copa do Brasil 2020 define todos os 11 times classificados previamente às oitavas de final; veja lista

Brasileirão 2019: saiba quanto cada clube irá faturar de premiação