Bruno Henrique, Everton ‘Cebolinha’ e mais: jornal lista brasileiros entre os 100 melhores jogadores de 2019

Divulgação de jornal espanhol listou a primeira parte dos 100 melhores jogadores de 2019; lista tem brasileiros presentes

Luis Fernando Filho
Jornalista formado, 23 anos, e fanático pelo futebol bem jogado para além das quatro linhas.

Crédito: Alexandre Vidal & Marcelo Cortes / Flamengo

O jornal espanhol Marca, da Espanha, montou uma lista gradual dos 100 melhores jogadores de 2019, segundo avaliações dos jornalistas do veículo.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A lista ainda não foi revelada completamente, mas já possui a tabela do 100º ao 51º melhores posicionados na lista anual do jornal. Entre eles, alguns brasileiros.

A votação foi feita para presentear os atletas com melhor rendimento na temporada, e que se destacaram nos clubes pelo mundo inteiro.

Dessa forma, os brasileiros que atuam dentro do Brasil e fora dele foram lembrados. Veja, abaixo, o ranking daqueles que estão presentes na primeira parte da lista com os 100 melhores jogadores.

61º-Ederson (Manchester City)

O goleiro brasileiro se destacou em 2019, principalmente na conquista da Premier League da temporada 2018/19. Além disso, Ederson é presença constante na lista de Tite.

O bom rendimento por clube e seleção o colocou na melhor posição entre brasileiros (primeira parte da lista) no ranking dos 100 melhores jogadores de 2019.

“Ano de consagração para o goleiro brasileiro do Manchester City, campeão da Premier e da Copa América, embora na seleção esteja na sombra de Alisson. Sob as ordens de Guardiola, é indiscutível que ele se adaptou ao trabalho de pés que o técnico catalão pede e entrou por si próprio em todas as listas de melhores goleiros do mundo. Ele ganhou tudo com a cidade e se tornou uma referência”, escreveu o jornal Marca.

67º-Daniel Alves (PSG/São Paulo)

Um dos maiores laterais direito da década, o agora são-paulino Daniel Alves também foi lembrado. A boa temporada no PSG, mesmo com lesões na trajetória, foi o principal fator nesta lista.

Além disso, o título da Copa América pela Seleção Brasileira sendo considerado o melhor jogador da competição, também coroou a temporada do brasileiro.

“Incombustível e interminável, Dani Alves continua adicionando páginas à sua história no futebol no Brasil, com os 10 atrás da camisa de São Paulo e jogando mais uma temporada para tentar expandir o mais extenso recorde de futebol. Antes de voltar para o país, deu-lhe tempo para conquistar a Liga e a Copa com o PSG e também ajudou o Brasil a conquistar a Copa América, da qual o MVP foi nomeado, o segundo em sua vitrine pessoal depois da alcançada em 2007. Uma corrida sem fim para um jogador lendário”, afirmou o Marca.

73º-Bruno Henrique (Flamengo)

O atacante do Flamengo também foi lembrado na lista do jornal espanhol. O desempenho no Campeonato Brasileiro e Copa Libertadores não passaram despercebidos.

Um dos melhores jogadores do Flamengo em 2019, o atleta brasileiro foi saudado pelo avaliadores que consideraram a boa temporada de Bruno Henrique.

O ‘parceiro perfeito’ de Gabriel Jesus em um recorde do Flamengo que conquistou o Brasil com um recorde de pontos e gols e que o River Plate prevaleceu na final dos Libertadores. Ele também pareceu desobstruir a semifinal da Copa do Mundo de Clubes contra o Al-Hilal. Em resumo, Bruno Henrique fecha 2019 com mais de 25 gols marcados e uma dúzia de assistências em seu currículo. Quase nada. Ele não é mais um jovem – ele tem 28 anos -, mas sua versatilidade e verticalidade fazem dele um atacante muito interessante. Não seria surpreendente se um clube europeu tentasse obter seus serviços”, escreveu o Marca.

80º-Rodrygo (Real Madrid)

Tendo iniciado o 2019 no Santos, o jovem atacante logo se destacou na chegada ao Real Madrid. Rodrygo ganhou a confiança de Zidane e já marcou hat-trick na Champions League.

O bom rendimento do brasileiro já lhe rendeu, inclusive, convocação para a Seleção Brasileira. Dessa forma, mesmo tão jovem, Rodrygo está na lista dos melhores deste ano.

” O ex-Santos não precisou de adaptação. Esperava-se que a temporada começasse com Castilla … mas abriu um buraco nas forças de Zidane com gols. Sua grande carta de apresentação chegou em frente ao Galatasaray. Rodrygo se tornou o segundo jogador mais jovem do Real Madrid (18 anos e 302 dias) a fazer um hat-trick na Liga dos Campeões. Apenas Raul (18 anos e 114 dias) o excede. O brasileiro tem uma estrela. Em sua estreia no campeonato, contra o Osasuna, ele marcou na primeira bola que tocou. O glacê em seu quartel extraordinário na ‘Casa Branca’ veio com sua estréia na seleção brasileira”, publicou o jornal.

82º-Lucas Moura (Tottenham)

O vice-campeão da Champions League pelos Spurs, Lucas Moura fez grande mata-mata na competição europeia. O brasileiro foi o responsável por colocar o clube londrino na final.

As boas atuações na Champions, principalmente, fizeram do atleta brasileiro o “talismã” do Tottenham na temporada 2018/2019.

“Talvez seja injusto colocar um jogador na lista para uma única reunião ou para uma única apresentação, mas o hat-trick de Lucas Moura al Ajax na semifinal dos Campeões é, talvez, a façanha do ano. Depois de 0-1 da partida disputada em Londres, o Ajax colocou 2-0 no placar em seu próprio estádio, forçando o Tottenham a realizar um milagre se ele quisesse voltar. Mas às vezes existem milagres, e especialmente no futebol. O brasileiro marcou três gols, o último deles aos 96 minutos, para reprimir a maior rebelião jovem lembrada na Europa e registrar seu nome entre os grandes vencedores do ano”, disse o Marca.

87º-Everton ‘Cebolinha’ (Grêmio)

Destaque do Grêmio em 2019, Everton Cebolinha chamou atenção do futebol europeu pelas belas atuações no Brasileirão e Copa Libertadores.

No entanto, o desempenho espetacular na Copa América e o título pela Seleção Brasileira fizeram dele um dos principais alvos dos europeus no mercado brasileiro em 2019.

“O novo ídolo do insaciável grupo de talentos do Brasil ainda não deixou o ninho, mas já está se preparando para voar para a Europa. Everton Cebolinha deslumbrou na Copa América por sua eletricidade, velocidade e objetivo. Tornou-se uma das revelações do torneio sul-americano no último verão e também foi Pichichi com o Guerrero peruano com três gols. Negociante nascido e físico privilegiado por transbordar, há muitas equipes europeias que querem atraí-lo para atravessar o Atlântico, embora ele ainda esteja no Clã”, publicou o jornal.

Até o momento da publicação, o jornal Marca revelou a primeira parte dos nomes revelados na lista de 100 melhores jogadores de 2019.

Ainda restam revelar os 50 melhores posicionados no ranking de desempenho da atual temporada.

LEIA MAIS: ATHLETICO quer 20 milhões de euros para negociar Bruno Guimarães com o Benfica, diz jornal

FLAMENGO e PALMEIRAS dominam todas as competições de base da CBF em 2019