Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Caio Ibelli e Gabriel Medina se reencontram em Pipeline após polêmica em Portugal

Os brasileiros devem reproduzir a bateria polêmica que aconteceu em Portugal O reencontro entre o bicampeão mundial Gabriel Medina e o também paulista Caio Ibelli deve acontecer na próxima chamada da etapa de Pipeline. Os dois devem disputar as quartas de final, depois de um confronto que deu o que falar na penúltima etapa do Circuito Mundial, em Portugal, e que repercute até hoje por conta de uma polêmica.

Aline Taveira
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: O confronto dos atletas ficou marcado até hoje. Reprodução/Instagram

No fim do mês de outubro, Medina e Caio também disputaram uma bateria nas oitavas, em Peniche, quando Gabriel cometeu uma interferência. A punição acabou custando a eliminação de Gabriel da etapa e abrindo a disputa pelo título mundial. Desde então, Ibelli vem sendo atacado em suas mídias sociais.

“Tudo que aconteceu em Portugal tem refletido até agora. Eu ainda tenho recebido mensagens. Eu espero que dessa vez não tenha nenhuma interferência, que nada entre no nosso caminho e que a gente possa trocar boas notas. Vou fazer de tudo para ganhar e fazer o meu trabalho”, garantiu Caio ao Globo Esporte.

Caio e Gabriel são colegas de competição desde as categorias de base. Os dois são campeões mundiais juniores e já fizeram até uma final histórica no Mundial sub-16, quando Medina venceu a disputa com uma bateria perfeita, com duas notas 10, na França, em 2009.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Caio Ibelli é o atual 16º do mundo e já garantiu vaga na elite em 2020. Medina está disputando o seu terceiro título mundial contra Ítalo e Kolohe Andino.

“O Gabriel é o meu surfista predileto para vencer essa etapa. Como atleta, em Pipeline, ele é o melhor surfista do mundo. Se ele não tivesse na minha bateria, eu apostaria no Gabriel. Mas agora vou apostar em mim”, disse Caio.

Leia mais: Surfistas acirram a briga pelas vagas olímpicas; Brasil já tem os participantes definidos

Gabriel Medina e Ítalo Ferreira são o Brasil no Mundial de Surfe e nas Olimpíadas

Filipe Toledo é eliminado em Pipeline e dá adeus ao título mundial e à vaga nas Olimpíadas