Com proposta do exterior, Victor Rangel negocia rescisão com o Botafogo

Victor Rangel não está nos planos do clube para 2020

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Vitor Silva/ Botafogo

A passagem de Víctor Rangel está perto de acabar no Botafogo. Após receber uma proposta do exterior, o jogador de 29 anos negocia rescisão contratual com a diretoria. Com isso, o atacante está perto de encerrar um período de cinco meses e poucas chances com a camisa alvinegra.

O Torcedores.com apurou que Victor Rangel tem proposta dos Emirados Árabes. O nome do clube ainda é mantido em sigilo. O vínculo do jogador com o Glorioso vai até abril de 2020. Por tanto, Victor Rangel está liberado para assinar um pré-contrato com qualquer equipe. 

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Recentemente, dois clubes brasileiros manifestaram interesse em contratar o atleta. O Coritiba e o Sport, fizeram uma consulta ao representante do atacante, mas nenhuma oferta foi oficializada. Porém, no momento, Victor Rangel dá prioridade para uma transferência para fora do país.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

O empresário Sandro Zardo vai se reunir na próxima semana com Carlos Augusto Montenegro, membro do conselho gestor do futebol do Botafogo, para definir o desligamento do jogador. Porém, o clube precisa acertar algumas pendências financeiras com Victor Rangel. O clube da Estrela Solitária lhe deve salários e direitos de imagem.

Siga o Torcedores também no Instagram

Montenegro, no entanto, deseja alinhar a saída de Victor Rangel sem “traumas” para o jogador e principalmente para o clube. Por isso, o dirigente não irá dificultar a saída do atacante em meio ao processo de reformulação do elenco alvinegro para 2020.

Victor Rangel teve passagem apagada pelo Botafogo em 2019

Contratado em agosto para reforçar o ataque, Victor Rangel atuou pouco pelo Botafogo. Após chegar com fama de artilheiro, ele foi titular em seis das 14 partidas que disputou com a camisa alvinegra. Nesse ínterim, passou em branco em todos os jogos e não correspondeu às expectativas da diretoria.

Antes de chegar no Botafogo, ele defendeu o CRB onde fez seis gols em 21 perdidas. Antes, porém, o atacante acumulou experiência atuando em 15 clubes. Grêmio, América-MG, Bahia, Ceará e Ponte Preta são os times mais conhecidos que defendeu ao longo da carreira. 

LEIA MAIS: 

Futebol: Rickson é emprestado pelo Botafogo ao América-MG

Futebol: Negociação avança e R$ 80 mil separam Felipe Vizeu do Botafogo

Futebol: Marcelo Benevenuto recebe sondagens e pode deixar o Botafogo para 2020