Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado da Bola: Corinthians negocia empréstimo de Mosquito com time paranaense

Corinthians negocia ida do atacante Gustavo Silva, o Mosquito, para o Paraná Clube para ganhar rodagem na temporada 2020

Péterson Neves
Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale. Contato: petersongneves@gmail.com

Crédito: Divulgação/Vila Nova

Sem vingar com a camisa do Vila Nova e fora dos planos do técnico Tiago Nunes, o atacante Gustavo Silva, o Mosquito, está em vias de ser emprestado pelo Corinthians ao Paraná Clube para ter chances de jogar na temporada 2020. É o que informa os sites Globoesporte.com e Gazeta do Povo.

Com o meu BMG Corinthians o seu time sempre ganha. Abra sua conta!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Revelado na base do rival Coritiba, Mosquito deixou o clube em meio a um imbróglio na Justiça e acertou contrato com o Timão até dezembro de 2022. Integrado ao elenco do ex-técnico Fábio Carille, ele ganhou chances no Paulistão, se sagrou campeão estadual, mas foi emprestado a Vila Nova e Oeste para ganhar rodagem.

Em 2019, o atleta de 22 de anos, ao todo, 15 partidas e não fez nenhum gol. Foram cinco jogos pelo Corinthians, sete partidas pelo Vila Nova e apenas três vezes em campo com a camisa do Oeste.

JOGADORES DE SAÍDA DO CORINTHIANS

Além de Gustavo Mosquito, o elenco do Corinthians já conta com a saída do jovem zagueiro João Victor, emprestado a Inter de Limeira, e o volante Mantuan, que defenderá o Oeste ao longo de 2020.

Há a expectativa ainda do meia Fabrício Oya receber uma oferta do futebol japonês até a metade de dezembro, mas caso não chegue nada oficial tem a ida ao Oeste como plano B para não ficar sem jogar

Titular do Timão em boa parte de 2019, o zagueiro Manoel é o próximo a ter a saída confirmada pelo clube. Emprestado pelo Cruzeiro e Athletico, o defensor de 29 anos teve a compra pedida pelo ex-técnico Fábio Carille, mas o valor de 4 milhões de euros (cerca de R$ 18 milhões) pedido pelo Furacão é considerado abusivo pela diretoria corintiana e, até o momento, ficou decidido que não haverá negócio.

LEIA MAIS
Janderson comemora boa atuação e revela apoio após lance infeliz no último jogo
Ceará x Corinthians: Assista aos melhores momentos do jogo do Brasileirão
Corinthians: Coelho comemora objetivo alcançado de vaga na Libertadores