Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Novo diretor, dívida alta e Sampaoli indica nomes: as principais notícias do Palmeiras nesta quarta (11)

Clube anunciou dono da vaga que foi de Alexandre Mattos nos últimos cinco anos

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Ivan Storti/Santos FC

O Palmeiras anunciou nesta quarta-feira (11) o nome de Anderson Barros como o novo diretor de futebol do clube após a saída de Alexandre Mattos.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Veja essas e outras das principais notícias do Palmeiras nesta quarta:

Sampaoli já fala com Palmeiras sobre reforços e indica três jogadores do Santos

Boas-vindas e pedido de dispensas: veja a repercussão do novo diretor de futebol do Verdão

Palmeiras anuncia Anderson Barros, ex-Botafogo, como novo diretor de futebol

Ana Thaís Matos critica planejamento do clube: “Vai trocar o pneu com o carro andando”

Hyoran completa três anos no clube e avalia performance

Palmeiras tem aumento em dívidas; valor chega a mais de R$ 500 milhões

Torcedores se animam com saída de Sampaoli do Santos: “Vem ser feliz”

Longo trabalho no Rio, poucos títulos e medalhões: quem é Anderson Barros, nome cotado para assumir o futebol do Palmeiras?

Weverton fala sobre Sampaoli: “Queremos trabalhar tanto com treinadores quanto jogadores de alto nível”

O clube está próximo de acertar de vez com Jorge Sampaoli como novo treinador do clube para 2020 após o argentino deixar de vez o Santos.

Anderson Barros já deve começar a trabalhar em novos nomes de jogadores para a próxima temporada e a diretoria deve trabalhar para trazer os reforços.

A ideia do clube é lutar pelo título da Libertadores em 2020 e tentar seguir os passos do Flamengo na atual temporada.

Leia mais:
Como Neymar fez “libido” ser a palavra mais procurada no Google Brasil em 2019

Saiba quais times tiveram mais interferência do VAR a favor e contra no Brasileirão

Sampaoli não é o único: 10 boleiros que saíram brigados de seus clubes