Torcedores – Notícias Esportivas

Everton demite treinador após sofrer 5 a 2 para o rival Liverpool

Goelada na Premier League e zona de rebaixamento levam comandante português a deixar o principal oponente local dos líderes da Premier League

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook /Everton Football Club

A goelada de 5 a 2, aplicada pelo Liverpool sobre o Everton, em Anfield, na quarta-feira, pela Premier League, causou danos no rival. Os azuis anunciaram, nesta quinta (5), a demissão do treinador Marco Silva. Até que seja anunciado o nome do novo comandante, Duncan Ferguson vai assumir o cargo interinamente.  

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Aos 42 anos, o português deixa a equipe em 18°, portanto no antepenúltimo lugar na tabela de classificação do Campeonato Inglês e dentro da zona de rebaixamento. Foram somente 14 pontos em 15 rodadas. Na temporada passada, ele levou o time a terminar na oitava colocação. Antes, Silva havia treinado outros dois clubes na principal divisão da Inglaterra: Watford e Hull City. 

 

Confira abaixo a nota divulgada pelo Everton 

“O Everton pode confirmar que o técnico Marco Silva deixou o clube. O acionista maioritário Farhad Moshiri, o presidente Bill Kenwright e o Conselho de Administração gostariam de agradecer a Marco pelo seu serviço nos últimos 18 meses e desejar-lhe felicidades para o futuro. 

Duncan Ferguson assumiu temporariamente o cargo e comandará a equipe para o jogo com o Chelsea, no sábado. 

O clube pretende confirmar um novo treinador permanente o mais rápido possível” 

Leia também:

Com elogios a Neymar, Renato e Arthur, Everton revela sonhos de ganhar Copa e Champions

Milan e Roma decidem banir jornal após capa racista