Felipe Braga mostra confiança no CAB Madeira pela Liga Portuguesa de Basquete

Felipe Braga tem confiança que seu time pode ir além da atual sétima colocação na liga portuguesa de basquete

Ricardo Antunes
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/CAB Madeira

O brasileiro Felipe Braga, pivô do CAB Madeira (Clube Amigos do Basquete Madeira), de Portugal, acredita que a sua equipe pode evoluir na atual temporada da Liga Portuguesa de Basquete.

Atualmente o CAB Madeira faz uma campanha razoável e está em sétimo lugar no campeonato com quatro vitórias e seis derrotas. Por enquanto a equipe, que é da terra de Cristiano Ronaldo, está conseguindo uma das oito vagas no playoffs na competição.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Reserva do lituano Arvydas Gydra, Braga acredita que está sendo um período de adaptação no basquete português, pois ainda não tem tantos minutos em quadra. Em contrapartida, o brasileiro tem boas perspectivas para o futuro do clube.

“Acho que meu time tem muito a evoluir ainda, e acredito que vai crescer a medida que o tempo for passando” disse o jogador.

Hoje com 40% de aproveitamento na liga, o CAB Madeira está no limite para alcançar uma vaga nos playoffs, mas com a capacidade de ainda chegar em sexto ou quinto lugar na classificação, Atualmente a equipe está bem longe dos grandes líderes Porto (100%), Sporting e Benfica com 90%,equipes favoritas ao título. Confira a classificação da LFB Placard 2019/2020 aqui

FELIPE BRAGA QUER MAIS TEMPO EM QUADRA

A média de minutos de Felipe Braga em quadra é baixa, mas o pivô brasileiro projeta ganhar uma sequência maior ao longo do seu caminho no time português.

Particularmente pretendo ganhar a confiança do técnico (João Paulo Silva) pra poder contribuir mais com o time dentro da quadra”, declarou Felipe.

Na temporada 2019/2020 dos 10 jogos da equipe, Braga jogou oito. Suas médias são as seguintes: 2,1 pontos, 7,2 minutos e 2,2 rebotes.

Seu melhor desempenho na temporada foi na derrota do CAB Madeira em casa para o líder Porto. O pivô teve mais de 27 minutos de jogo, onde contribuiu com oito pontos, oito rebotes e um toco. Como o pivô titular, Arydas Gydra, acabou se machucando, o brasileiro conseguiu atuar com mais tranquilidade.

LEIA MAIS:

Basket Osasco anuncia renovação de Robinho para 2020

NBB: Georginho é o jogador mais eficiente, segundo estatísticas do campeonato; veja o Top-10