Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fluminense anuncia “limpa” no elenco e dispensa três jogadores

Tricolor faz última partida da temporada neste domingo e busca classificação à Sul-Americana

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Agenor não teve boa passagem pelo Fluminense (Foto: Lucas Merçon /Fluminense)

O sábado começou agitado pelos lados do Fluminense. Na véspera da partida contra o Corinthians, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, o tricolor começou a reformular seu elenco para 2020. De acordo com o site Globoesporte.com, três jogadores foram comunicados que estão fora dos planos. O goleiro Agenor, o meia Guilherme e o atacante Brenner não foram relacionados para enfrentar o time paulista. Todos eles têm contrato até o final do ano, mas o clube não vai renovar o contrato de nenhum deles.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O Fluminense passa por uma crise institucional, capitaneada por fracassos e eliminações na atual temporada. A barca tricolor já era esperada. O elenco passou por uma análise minuciosa da diretoria. De olho no Campeonato Carioca, a direção tricolor iniciou a reformulação do elenco para trabalhar dentro do mercado em busca de nomes que empolguem os torcedores.

Trio deu pouco retorno ao Fluminense

De todos os nomes, o que mais atuou pela equipe foi o goleiro Agenor. Ele atuou em dez partidas nesta temporada. O jogador foi contratado no início do ano a pedido do técnico Fernando Diniz, atuou em dez partidas e depois perdeu espaço. Debaixo de muitas críticas da torcida por suas falhas e excesso de peso, a diretoria tricolor decidiu ir ao mercado. Com isso, Muriel, que foi revelado pelo Internacional, chegou ao clube após boa passagem pelo Belenenses, de Portugal.

Guilherme, que, após conquistar a Copa Sul-Americana pelo Athlético Paranaense na temporada passada, chegou ao Fluminense após uma passagem apagada pelo Bahia no primeiro semestre. Vinculado ao Corinthians, o jogador foi emprestado até o final do ano ao Tricolor das Laranjeiras. O contrato, inclusive, previa uma cláusula para renovação, mas o clube optou por não ativá-la devido. Além disso, a relação custo benefício foi abaixo do esperado uma vez que Guilherme disputou apenas sete partidas. Ele chegou para ser a sombra de Paulo Henrique Ganso, no entanto, jamais conseguiu atingir o que se esperava dele.

Brenner em ação pelo Fluminense

Brenner fez poucos jogos pelo Fluminense (Foto: Lucas Merçon /Fluminense)

O atacante Brenner passou uma temporada completamente esquecido no Fluminense. O jogador, que pertence ao São Paulo, não disputa uma partida oficial desde o dia 18 de agosto e não foi sequer relacionado para o banco de reservas no restante da temporada. Apesar de ser considerado um jogador promissor, Brenner foi devolvido ao clube paulista.

LEIA MAIS:

Futebol: Nenê aceita reduzir salário para continuar no Fluminense em 2020