Gilberto fala de carinho pelo Fluminense, mas informa que ainda não renovou: “Gosto do clube, me sinto à vontade”

Em entrevista após Fluminense x Fortaleza, Gilberto fala de futuro

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Twitter/Reprodução

Logo após Fluminense x Fortaleza, partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro 2019, Gilberto foi entrevistado pela Rede Globo. Na entrevista, o lateral-direito falou sobre a permanência ou não no clube para 2020 e o carinho pelo Tricolor. Também foi falado sobre o objetivo para o próximo ano: a chegada à Copa Sul-Americana.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Na entrevista, Gilberto não negou que pode sair do clube. “A gente ainda não conversou (sobre renovação). Estava em um momento complicado, de luta contra o rebaixamento, e falei com meus empresários para focar só nos jogos. Então, vamos focar nesse último jogo, porque precisamos dessa vaga na Sul-Americana. Mesmo que eu não fique, fica como agradecimento para a torcida. Mesmo tendo criticado, também me apoiaram muito em 2018 e também nos últimos jogos”, desabafou o lateral-direito.

Em outro momento, Gilberto também falou sobre o futuro. “Sempre deixei claro que me sinto à vontade aqui. Gosto do clube, minha família é daqui, sou carioca. Mas, não depende só de mim. Depende também do Fluminense. Vamos pensar nisso depois do jogo contra o Corinthians”, finalizou.

Próximo jogo

Na 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro 2019, o Fluminense viaja para enfrentar o Corinthians, na Arena, no próximo domingo (08), às 16h (Horário de Brasília). O clube depende só de si para chegar à competição. Caso faça o mesma resultado que o rival na derradeira rodada ao certame, chega ao torneio sul-americano.

LEIA MAIS
Muriel é perdoado pela torcida do Fluminense após falha contra o Internacional: “Fez dois milagres no jogo, injustiça absurda falar mal”
Fluminense x São Paulo será a primeira partida de Ganso contra a equipe em que atuou mais vezes na carreira
Torcedor do Fluminense, Paulo Henrique Amorim tratou do esporte para cutucar inimigos políticos e Rede Globo