Guardiola rasga elogios e nem pensa em saída de Agüero do Manchester City: “Insubstituível”

Atacante argentino de 31 anos tem contrato com os citizens até junho de 2021; equipe entra em campo nesta sexta pela Premier League

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação / Facebook / Manchester City

O contrato atual de Sergio Agüero com o Manchester City é válido até junho de 2021. O técnico Pep Guardiola espera, mesmo após a chegada da data, continuar contando com o argentino e considera que, se perder o jogador, “será uma das coisas mais difíceis” que precisará enfrentar no comando da equipe inglesa.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva! Siga o Torcedores também no Instagram

“Nós temos um atacante incrível [Gabriel Jesus], e talvez possa vir outro quando o Sergio [Agüero] sair, mas ele é insubstituível”, afirmou o espanhol, em coletiva de imprensa antes da partida desta sexta-feira (27), contra o Wolverhampton, pela Premier League, ressaltando a importância do atleta de 31 anos.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

“Não é fácil encontrar um jogador com o seu ‘status’, a sua personalidade, o que ele conquistou na sua carreira futebolística com humildade”, destacou Guardiola, que não garantiu se buscará assinar um novo vínculo com Agüero.

“Eu não sei. Ele pode ficar, mas depende da sua condição física e da sua vontade. Porém, não falei com ele e não sei quais são as suas intenções”, ponderou.

Às 16h45 (de Brasília), no Molineux Stadium, a bola rola para o duelo do oitavo colocado contra o terceiro. Com a goleada do líder Liverpool, fora de casa, sobre o (2°) Leicester, por 4 a 0, na quinta-feira, a distância dos reds para os citizens aumentou momentaneamente para 14 pontos.

Leia também:

Raúl González proíbe luxo no Real Madrid B e avisa: “Não pode jogar Série C com bolsa Louis Vuitton”

Klopp celebra fase do Liverpool: “Sou o homem mais sortudo do mundo”

Neto chama Clayson de “pica couve” e ironiza atacante: “Acha que é Pelé”

João Félix acredita no título do Benfica na Liga Europa e elogia técnico Bruno Lage

Willian ressalta desejo de ficar no Chelsea: “Se pudesse, jogaria aqui até meus 40 anos”