Hamilton exalta Mercedes e celebra vitória em Abu Dhabi

Piloto da Mercedes venceu pela 11ª vez na temporada 2019 da Fórmula 1, desta vez, no circuito de Yas Marina

Leonardo Marson
Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.

Crédito: Mercedes

Lewis Hamilton exaltou a Mercedes ao terminar a temporada 2019 da Fórmula 1 com mais uma vitória, esta conquistada neste domingo (1) no Grande Prêmio de Abu Dhabi, disputado no circuito de Yas Marina. O inglês, hexacampeão mundial, largou da pole position e liderou todas as 55 voltas da prova, conquistando a 11ª vitória no ano, mais da metade das corridas do campeonato.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Ao final da corrida, Hamilton rasgou elogios ao time, ressaltando que, mesmo no final da temporada, o time teve força para ser dominante como foi nos Emirados Árabes Unidos e conseguir uma vitória tranquila, com mais de 16 segundos de vantagem em relação ao segundo colocado, o holandês Max Verstappen, da Red Bull.

“Honestamente, estou orgulhoso, definitivamente, mas super grato a esta incrível equipe e todas as pessoas na Mercedes que continuaram a lutar neste ano ― e quem iria imaginar que, no fim do ano, nós teríamos a força e aprenderíamos para tentar extrair mais deste lindo carro”, disse Hamilton, que lembrou de seus fãs na sequência.

“Sou muito grato ao time LH. Viajei o mundo para diferentes países e vi pessoas que me inspiraram e me mandaram mensagens que me motivaram. Obrigado por assistirem, obrigado por apoiarem. Me sinto muito feliz hoje”, seguiu o inglês, que ainda celebrou a oportunidade de duelar com pilotos de uma geração mais nova.

“Esses caras… têm muitos jovens chegando… e ótimo estar em um período de tempo onde em muitos jovens chegando e sou privilegiado por estar aqui enquanto eles chegam”, completou Hamilton, que terá a oportunidade na próxima temporada de igualar o número de títulos de Michael Schumacher, o maior campeão da história da F1 com sete conquistas.

LEIA MAIS:
Hamilton vence de ponta a ponta o GP de Abu Dhabi de F1