Torcedores – Notícias Esportivas

Imprensa espanhola rasga elogios a zagueiro Felipe do Atlético de Madrid

Felipe vem se destacando por suas boas atuações com a camisa colchonera e a imprensa espanhola o trata como “sucesso da direção do Atlético de Madrid”

Luiz Mutschele
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: twitter oficial Atlético de Madrid

Quando chegou ao Atlético de Madrid vindo do Porto, o brasileiro Felipe sabia que a missão que teria era complicada: ele chegava para substituir um dos maiores ídolos recentes do clube colchonero, Diego Godín. Porém com boas atuações ele vem fazendo a torcida sentir menos falta do uruguaio.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Na partida do último domingo (22), Felipe foi um dos destaques da vitória do Altético de Madrid contra o Bétis por 2 a 1 e o jornal espanhol Marca além de destacar a boa atuação de Ángel Correa, que marcou o gol de empate e deu o passe para Morata fazer o da virada, também exaltou a ótima partida de Felipe, com a seguinte análise:

“Como disse Simeone, o Atlético está em uma fase de transição. Enquanto procura sua melhor versão, encontra algumas certezas: uma delas é que Felipe é um central notável. Uma nova grande partida do brasileiro, bem posicionado, firme e forte. Um sucesso da direção do Atlético”.

Felipe ganhou espaço no time titular quando tanto Savic como Gimenez se contundiram, mas agora com a volta do camisa 2 ele foi mantido e vem fazendo por onde a confiança de Simeone. Vale registrar que recentemente ele marcou seu primeiro gol pela equipe, na vitória contra o Lokomotiv, em jogo válido pela Champions League.

Felipe já tem 17 partidas como titular pelo Atlético de Madrid, sendo que vem em uma sequência de 14 jogos seguidos entre os 11 iniciais.

Leia mais:

Mark Van Bommel é demitido do comando do PSV

Arteta conversa com dirigentes para assumir Arsenal, segundo jornal

Mandzukic está se transferindo para o Catar, segundo imprensa italiana

Calendário futebol masculino CBF 2020: algumas melhoras, mas longe do ideal