Invicta na seleção brasileira, Pia Sundhage destaca atuação contra o México: “Fiquei impressionada com os seis gols e as novas jogadoras”

Com a goleada por 6 a 0 do Brasil sobre o México, Pia Sundhage chegou à quinta vitória em sete jogos no comando da seleção brasileira

Luis Felipe Pereira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

A seleção brasileira de futebol feminino enfrentou o México na noite desta quinta-feira (12), em amistoso realizado na Arena Corinthians e saiu de campo com uma importante goleada por 6 a 0. Bia Zaneratto (três vezes), Debinha, Millene e Duda marcaram os gols da convincente vitória brasileira no penúltimo compromisso deste ano de 2019.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Com o resultado, a técnica Pia Sundhage mantém a invencibilidade no comando do Brasil, somando cinco triunfos e dois empates nos sete jogos em que esteve à frente da equipe. Após a partida, a treinadora sueca destacou o desempenho da seleção brasileira no duelo, bem como o placar elástico construído:

“É impressionante ter marcado seis gols contra o México. Criamos muitas chances no primeiro tempo e acho que isso é muito importante para os futuros jogos, conseguir aproveitar essas chances. No geral, fiquei bem impressionada com os seis gols e também com as novas jogadoras e as mudanças que fizemos no segundo tempo. Nós estamos bem satisfeitas com o desempenho de hoje”, afirmou Pia em entrevista reproduzida pelo site oficial da CBF.

Das 27 jogadoras convocadas para os últimos testes do ano, 17 foram chamadas pela primeira vez pela nova treinadora, incluindo a artilheira Cristiane, que iniciou a partida contra o México como titular. A estreante Duda, autora de um dos gols da vitória brasileira aproveitou bem sua oportunidade, assim como Gabi Zanotti, que deu uma assistência para Bia Zaneratto na segunda etapa.

“Nós temos dois jogos e queremos muito dar tempo de jogo para cada atleta, por isso fizemos algumas mudanças no meio de campo e no ataque, para ver como elas corresponderiam a esse tipo de alteração”, explicou a sueca.

O Brasil volta a campo neste domingo (15), quando enfrenta novamente as mexicanas na última partida de 2019, marcada para às 18h30 (de Brasília), na Fonte Luminosa, em Araraquara.

LEIA MAIS:

Com hat-trick de Bia Zaneratto e Arena quase vazia, seleção feminina goleia o México