Jorge Jesus ‘extermina’ técnicos brasileiros; lembre quem foi demitido após derrota contra o português

Técnico português foi contratado pelo Flamengo em junho deste ano

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 27 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017).

Crédito: Alexandre Vidal/Flamengo

O trabalho de Jorge Jesus já deixa rastros no futebol brasileiro. Não só pelo Flamengo ter conquistado Libertadores e Brasileirão Série A em 2019, mas também porque vários técnicos brasileiros perderam o emprego após serem derrotados pelo comandante rubro-negro.

Ao todo, quatro treinadores foram demitidos em confrontos diretos contra o Flamengo, desde que Jorge Jesus foi contratado em junho.

Neste domingo (1), Mano Menezes não resistiu à derrota do Palmeiras por 3 a 1 em pleno estádio Allianz Parque. O diretor de futebol Alexandre Mattos também não resistiu e foi dispensado pelo clube paulista.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Luís Felipe Scolari é outro técnico demitido pelo Palmeiras, após derrota contra o Flamengo na ‘era Jorge Jesus’. Ele foi dispensado após derrota por 3 a 0, no Maracanã.

Adilson Batista é o terceiro técnico da lista. Na última quarta-feira (27), o Flamengo goleou o Ceará por 4 a 1. Batista foi dispensado e, atualmente, está no Cruzeiro.

Fábio Carille é o último nome da lista a ser demitido após derrota contra Jorge Jesus. O ex-corintiano foi dispensado após vitória flamenguista por 4 a 1. O jogo foi válido pela 30ª rodada do Brasileirão.

Leia também:

Alfinetada nos técnicos brasileiros? Marcos Braz diz que Flamengo conquistou Libertadores “no intervalo”

Contratação de Jorge Jesus pelo Flamengo rende memes e piadas; confira