Klopp defende Alisson depois de expulsão contra o Brighton

Treinador do Liverpool fez defendeu o goleiro da equipe inglesa e da seleção brasileira; Alisson foi expulso na partida contra o Brighton, pela Premier League

Cleverton Silva
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/ Liverpool

A expulsão de Alisson tem dado o que falar na Inglaterra. O arqueiro brasileiro tomou o cartão vermelho após defender uma chance clara de gol, fora da área, na partida contra o Brighton.

Futebol de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Sobre a situação de Alisson, Jürgen Klopp defendeu o seu goleiro. O treinador alemão afirmou que quer o arqueiro jogando adiantado.

“Nós queremos que o Alisson jogue assim, para ser sincero. Queremos que ele jogue adiantado. Em lances como esse, em nove ele consegue tirar a bola de cabeça. E nós jogamos de maneira sensacional com a linha de impedimento. Nem sei quantas vezes eles entraram em impedimento”.

Klopp ainda ressaltou que a defesa fora da área, que causou a expulsão de Alisson, é fruto do seu reflexo.

“É uma decisão que ele faz em menos de um segundo. ‘Dou um passo nessa ou naquela direção?’. Então, ele não estava impedido, o Alisson vai lá, o jogador chega um pouco antes na bola… Isso é reflexo, ninguém pode mudar isso”.

O treinador do Liverpool destacou os dois gols marcados pela sua equipe, mas também relembrou o gol do Brighton. Para ele, o reserva Adrián ainda estava “frio” naquele momento.

“Marcamos dois bons gols de bola parada, faz parte do jogo, é uma parte importante para a gente. E tivemos chances incríveis depois disso, então, poderíamos ter definido o jogo. Mas não definimos. Então, eles marcaram um gol de falta, com nosso goleiro totalmente frio… Todo mundo que estava no estádio hoje, imagino que ninguém queria trocar de lugar com Adrián naquele momento”.

Por fim, Klopp afirmou que teria tomado uma decisão diferente, se fosse o árbitro da partida

“O segundo goleiro tem de estar sempre pronto para entrar, mas na verdade, isso não acontece com tanta frequência. De repente, você tem de ir lá, pés gelados, mãos geladas… e aí, um lance de esperteza, uma cobrança rápida do Brighton. Mas se eu fosse o juiz, provavelmente teria tomado uma decisão diferente (em relação à rápida cobrança que resultou no gol do Brighton)”.

O Liverpool venceu o Brighton por 2×1, em Anfield, com 2 gols do zagueiro Virgil van Dijk.

LEIA MAIS