Lewandowski afirmar estar satisfeito com o oitavo lugar na disputa pela Bola de Ouro: “Não esperava uma posição melhor”

Com 40 gols marcados pelo Bayern na última temporada, Lewandowski revelou que não se sentiu desapontado com a oitava posição no ranking da Bola de Ouro

Luis Felipe Pereira
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/ Bayern

Em evento realizado nesta segunda-feira (2), a France Football divulgou a lista dos melhores jogadores do mundo na última temporada, no tradicional prêmio Bola de Ouro. Lionel Messi confirmou seu favoritismo e venceu pela sexta vez, seguido por Van Dijk, Cristiano Ronaldo, Sadio Mané e Mohamed Salah no top 5.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Lewandowski no top-10

Na oitava posição aparece Robert Lewandowski, artilheiro do Bayern de Munique e grande destaque do futebol alemão. O centroavante anotou 40 gols em competições oficiais pelo clube e não se mostrou frustrado com a posição em que terminou a premiação:

“Não me sinto desapontado, estou muito feliz por estar aqui em Paris com um grupo tão importante. É um encontro diferente dos que temos em campo. Nos vemos em um lugar diferente, com roupas diferentes e uma atmosfera distinta. Para ser sincero, eu não esperava uma posição melhor. Acredito que o que estou fazendo nesta temporada será reconhecido no próximo ano. Não me arrependo de nada e quero enfatizar que estou muito feliz por estar aqui”, afirmou o polonês após a premiação.

Apesar de satisfeito com a colocação neste ano, Lewandowski falou sobre sua expectativa para a próxima lista da Bola de Ouro:

“O que posso fazer para estar em uma posição melhor ano que vem? Preciso fazer algo a mais. Com certeza conseguirei trazer alguma coisa diferente e sei que posso alcançar ainda mais no Bayern e na Euro 2020 com a Polônia. Eu sempre quero vencer, mas também estou ciente que como um jogador polonês devo estar satisfeito por estar em um lugar tão distinto, com um grupo tão qualificado de jogadores”, finalizou.

LEIA MAIS:

Superado por Messi na disputa pela Bola de Ouro, Van Dijk elogia o argentino: “Estive perto de vencer, mas havia alguém ainda melhor”