Lewis Hamilton seria bem vindo na Ferrari, diz Charles Leclerc

Aécio de Paula
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução: Instagram/ Lewis Hamilton

O campeão mundial disse que não descarta uma mudança para a escuderia italiana. Mas contrato com a Mercedes só termina no fim da próxima temporada

O britânico Lewis Hamilton seria muito bem recebido na Ferrari. Pelo menos é o que garante o jovem piloto Charles Leclerc. A declaração acontece justamente após um final de semana em que os comentários sobre um possível contrato se intensificaram. Anteriormente, Hamilton se recusou a descartar uma possível mudança para a escuderia italiana. Mas essa possível mudança só poderia acontecer no ano de 2021.

Esportes de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Isso porque o contrato de Hamilton com a Mercedes ainda tem alguns meses de duração. Para ser mais preciso, o compromisso do piloto britânico com a escuderia vai até o final de 2020. Ou seja, o contrato dura até o final da próxima temporada. Assim, o campeão mundial só estaria disponível para outra equipe no ano de 2021.

No último sábado (31), o diretor geral da Ferrari falou sobre o caso. Mattia Binotto rasgou elogios ao piloto britânico. Além disso, disse que uma possível ida do britânico para a escuderia italiana “deixaria a equipe mais feliz”.

O que disse Leclerc

“É claro que eu gostaria de receber o Lewis”, disse ele. “Estamos na Fórmula 1 e queremos lutar contra os melhores. Tive uma grande oportunidade de ter o Seb (Sebastian Vettel) ao meu lado. O Seb é quatro vezes campeão mundial e aprendi muito com ele. Portanto é sempre importante aprender com esses tipos de campeões”, disse ele.

E Leclerc parece ter aprendido mesmo com os campeões. Aprendeu tanto que acabou os vencendo. No duelo interno, ele venceu Sebastian Vettel por uma larga margem de pontos nesta temporada. Isso tudo em um grande ano de estreia. Para se ter uma ideia, Leclerc conquistou 7 pole positions e venceu duas vezes. Tudo isso com apenas 22 anos de idade. Até por isso, é considerado um dos atletas mais proeminentes da atual cenário da Fórmula 1.

Os rumores

Os murmurinhos em torno da novela Hamilton-Ferrari ganharam força nas últimas semanas. Isso porque Hamilton não negou o conteúdo de uma reportagem do jornal Gazzeta dello Sport. O periódico italiano apurou que a equipe do britânico já tinha se encontrado ao menos duas vezes com o presidente da Ferrari, John Elkann. Mas vale lembrar que o piloto também não confirmou nada.

Sobre o assunto, o presidente da Mercedes, Tto Wolff também decidiu se pronunciar. E ele também não garantiu a permanência do atleta na escuderia. “Quando Lewis deixou a McLaren para a Mercedes, todos disseram que ele estava cometendo um erro”, disse Wolff. “Mas ele provou que eles estavam errados. Portanto, não cometerei o erro de subestimar o potencial da Ferrari”, disse ele.

Hamilton está na Mercedes desde 2013. Por lá, ele ganhou 5 dos seus 6 títulos mundiais. Eles foram conquistados em 2014, 2015, 2017, 2018 e 2019. O outro título foi conquistado em 2008, quando ele ainda fazia parte da McLaren.

LEIA MAIS

Hamilton exalta Mercedes e celebra vitória em Abu Dhabi