Mark Van Bommel é demitido do comando do PSV

Vivendo péssima fase, eliminado na Europa League e derrotado na última rodada do nacional pelo Feyenoord, o PSV decidiu demitir o técnico Van Bommel

Luiz Mutschele
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: site oficial PSV

Van Bommel não é mais técnico do PSV. Anúncio foi feito nesta segunda (16) e encerra um trabalho de 18 meses do treinador à frente do clube. A demissão veio após a derrota no clássico contra o Feyenoord por 3 a 1 em jogo válido pelo Campeonato Holandês.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

O trabalho dele vinha sendo bastante contestado e já tinha tido um grande revés no começo da temporada quando foi eliminado ainda na 2ª qualificatória da Champions League pela equipe do Basel. Por conta disso foi para a fase de grupos da Europa League e em um grupo onde era um dos favoritos junto com a equipe do Sporting, acabou eliminado. Depois de vencer as duas primeiras partidas, não venceu nenhum dos quatro jogos seguintes e ainda levou goleadas para Sporting e LASK (os dois classificados na chave).

A situação na Eredivisie também não é nada boa: em quarto lugar, dez pontos atrás do líder Ajax, o PSV venceu apenas dois dos últimos oito jogos. O desempenho muito abaixo na temporada fez com que a diretoria encerrasse o ciclo dele. Ele deixa o comando após 75 jogos com 44 vitórias, 14 empates e 17 derrotas.

O PSV ainda anunciou que o treinador adjunto Ernest Faber comandará a equipe pelo resto da temporada.

Leia mais:

Napoli anuncia Gattuso como seu novo técnico, após demissão de Ancelotti

Melhor zagueiro do mundo, Van Dijk chegou a trabalhar em restaurante e assinar o próprio testamento

Calendário futebol masculino CBF 2020: algumas melhoras, mas longe do ideal