Martial relembra início no Manchester e diz: “Tenho de provar e mostrar como evoluí como jogador”

Com passagens por CO Les Ulis, Lyon e Monaco, atacante francês está com 23 anos e na quinta temporada pelo clube mais vezes campeão da Inglaterra

Patrick Monteiro
Repórter do Torcedores com passagens por: jornal O Fluminense (Niterói/RJ) e diário Lance. Comentarista e narrador na extinta Rádio Fluminense AM 540, onde apresentou os programas "Futebol Internacional" e "Jornada Esportiva". Ex-colunista do site Chelsea Brasil. Cobriu, in loco, a Copa do Mundo FIFA 2014, incluindo a grande final (Alemanha x Argentina), entre outros eventos, como Rio Open de tênis, Copa Brasil de Vela e Conmebol Libertadores.

Crédito: Divulgação/Facebook/Manchester United

Em 2015, Anthony Martial debutou como profissional do Manchester United, numa aposta do então técnico da equipe Louis van Gaal. Se antes ele era apenas uma incógnita, hoje se apresenta como um dos principais jogadores em Old Trafford. O ex-Lyon e Monaco diz estar à vontade no clube e almejando provar uma constante evolução. 

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram 

“Quando cheguei ao clube, era um jovem jogador, não tinha tido nas pernas a oportunidade de fazer uma temporada completa como jogador da equipe principal. Mas esta é a minha quinta temporada aqui, agora tenho de provar e mostrar como evoluí como jogador e me tornei num dos melhores atacantes da liga inglesa. Quando vim para cá, era um menino, agora cresci e amadureci. Sinto-me muito melhor comigo mesmo”, comentou o atacante francês em declarações ao site oficial dos Red Devils. 

Nesta quarta-feira (4), o United recebe o Tottenham, às 16h30 (de Brasília), em confronto pela Premier League. Será o reencontro do treinador português José Mourinho, agora nos Spurs, com o maior vencedor da história do Campeonato Inglês. Já no sábado (7), haverá outro clássico no caminho do atual 10° colocado. A equipe de Ole Gunnar Solskjær vai visitar o Manchester City, de Pep Guardiola, às 14h30 (de Brasília). 

Leia também:

Na Premier League, Gabriel Jesus marca duas vezes e Manchester City derrota o Burnley

Filha de Pelé lançará documentário sobre os desafios das jogadoras de futebol pelo mundo

Tuchel diz que não vê necessidade do PSG contratar mais um meia: “Estou feliz com os jogadores que temos”