Messi conquista sexta Bola de Ouro e fala em aposentadoria: “Vai se aproximando”

Messi vence Van Dijk e Cristiano Ronaldo e conquista a sexta Bola de Ouro de sua carreira; ele venceu também em 2009, 2010, 2011, 2012 e 2015

Paulo Silva
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução / Facebook / FC Barcelona

Histórico! Lionel Messi conquista a Bola de Ouro pela sexta vez em sua carreira e se isola como o maior vencedor da história do prêmio da revista France Football. Nesta segunda-feira (2), na França, em Paris, o camisa 10 do Barcelona coroou mais ainda uma carreira repleta de conquistas coletivas e individuais.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Após receber o troféu, o argentino lembrou de quando venceu sua primeira Bola de Ouro, aos 22 anos, em 2009. De lá para cá, ele empilhou seis Chuteiras de Ouro e seis prêmios de melhor do mundo pela FIFA, além de muitas conquistas coletivas.

 “Me lembro da minha primeira Bola de Ouro, quando vim a Paris com 22 anos, com meus três irmãos. Era algo incrível, e agora, 10 anos depois, estou em um momento diferente, muito especial na minha vida pessoal com a minha mulher e três filhos, que me acompanham junto do meu irmão e um sobrinho. Em todo esse tempo eu nunca deixei de sonhar, se seguir querendo crescer, de seguir melhorando dia a dia e, sobretudo, aproveitando o futebol.”

Messi falou de um assunto triste para ele e para todos os fãs de seu futebol: aposentadoria. Ele confessou que vai se aproximando o momento de ele pendurar as chuteiras. O argentino está com 32 anos.

“Graças a Deus eu pude fazer o que amo desde um ou dois anos de idade, e Deus queira que ainda me restem muitos anos para seguir aproveitando. Sou consciente da idade que tenho e esses momentos são ainda melhor aproveitados porque o momento da aposentadoria vai se aproximando e é difícil. Repito, sei bem que ainda tenho muitos anos, mas nesses momentos parece que o tempo voa e que tudo passa muito rápido.”

Com essa conquista, Messi se torna o maior vencedor, com seis taças. Cristiano Ronaldo, seu maior concorrente, fica com cinco troféus de melhor do mundo, seja pela FIFA ou pela France Football.

LEIA MAIS:

Messi desbanca Cristiano Ronaldo e Van Dijk e vence a Bola de Ouro pela sexta vez em sua carreira