Messi pode bater recorde de Pelé em 2020 se continuar com média de gols dos últimos 10 anos

Atacante argentino fechou ano de 2019 com 50 gols marcados pelo Barcelona e pela seleção e chega ao nono ano dos últimos dez em que balançou as redes mais de 50 vezes

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.

Crédito: Divulgação/Barcelona

Atual melhor jogador do mundo pela Fifa e vencedor da Bola de Ouro, Lionel Messi segue quebrando marcas e aumentando a sua galeria de recordes na carreira. Com o golaço marcado no último sábado (21) contra o Real Sociedad pelo Campeonato Espanhol, o argentino terminou ano de 2019 com 50 gols marcados.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O ídolo do Barcelona também chegou ao 618º gol da carreira pelo Barcelona e se aproximou do número de tentos do brasileiro Pelé com a camisa do Santos – um recorde de um jogador pelo mesmo clube. Considerado o Rei do Futebol, o camisa 10 da equipe paulista balançou as redes 643 vezes pelo time da Vila Belmiro.

Se continuar com a média de gols marcados por ano na década de 2010, o jogador poderá ultrapassar a marca de Pelé. Messi marcou 50 ou mais vezes em nove das últimas dez temporadas, tendo balançado as redes 91 vezes em 2012. O jogador só fez menos gols em 2013, quando atingiu 43 tentos em 47 partidas.

Confira o número de gols marcados por Messi pelo Barcelona e pela seleção argentina nesta década:

2010 – 60
2011 – 59
2012 – 91
2013 – 43
2014 – 58
2015 – 52
2016 – 59
2017 – 54
2018 – 51
2019 – 50

LEIA MAIS:

Messi fecha 2019 com 50 gols marcados; relembre como foram últimos anos do argentino

Gabigol lidera lista de artilheiros do ano no Brasil com destaque do Cuiabá no top-5

Valverde rasga elogios ao craque do Barcelona: “Ter Messi no time é uma vantagem enorme”