Mirassol herda vaga do Red Bull Brasil na Série D em 2020

Com a parceria com o Bragantino, Red Bull Brasil abre mão de vaga no nacional e Mirassol assume o posto

Luis Feitosa
Jornalista graduado e amante de futebol e futebol americano

Crédito: Reprodução/Site Oficial do Mirassol

O Mirassol vai receber a vaga do Red Bull Brasil na Série D do Brasileirão em 2020. Com a desistência do clube-empresa, o Leão vai assumir a vaga na competição.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“O clube aguardava o anúncio oficial sobre a vaga na série D. Sempre foi nosso objetivo inserir o Mirassol nas competições nacionais já disputamos a série D em outras temporadas e retornaremos em 2020. Temos uma missão e objetivo difícil, mas não impossível. Vamos ao trabalho com muita perseverança”, disse o presidente do Mirassol, Edson Ermenegildo.

Executivo de futebol do Mirassol, Marcelo Barbarotti disse que a volta a competição nacional faz parte do processo de expansão de marca. Com a Série D, o Mirassol volta a disputar a competição após dois anos fora.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Esse ganho de calendário do Mirassol é o início do processo de nacionalização da marca Mirassol, no sentido técnico e no sentindo de realmente a marca ser conhecida no país todo. E para se chegar no que é o planejamento do clube, que é se estabelecer na série B do Brasileiro, esse processo começa pela disputa da série D, um campeonato difícil, com 64 equipes, mas é o início desse projeto, então essa vaga é muito importante para o clube”, afirmou.

A Série D do Brasileirão é dividida em oito grupos com oito equipes com jogos de ida e volta. Os quatro melhores de cada grupo passam e se enfrentam no mata-mata. O início da competição está marcado para o dia 03 de maio e o encerramento em 22 de novembro.

LEIA MAIS:

São Paulo libera Raniel para o Santos e acerta permanência de Vitor Bueno em definitivo