Mogi tem ótimo segundo tempo e bate São José no NBB

Com uma boa segunda metade de partida, a equipe do Mogi venceu o São José pelo NBB e encerra 2019 com um bom triunfo em casa

Matheus Ornellas
Colaborador do Torcedores.com que cobre os esportes americanos.

Crédito: Matheus Ornellas/Torcedores.com

No último sábado (28), os time de Mogi e São José se enfrentaram pela última rodada de 2019 do Novo Basquete Brasil (NBB). Mesmo fora de casa, a equipe do interior levou a melhor até a metade do confronto. Porém, na segunda parte da partida, o time da grande São Paulo conseguiu uma sólida virada. O destaque da equipe do Mogi foi Gruber, que foi fundamental para a décima primeira vitória do time no NBB.

NBB de graça e ao vivo por 1 mês? Conheça o DAZN Brasil!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Mogi x São José

Primeiro período – MOG 20 x 21 SJO

Jogando em casa, o time do Mogi partiu pra cima do São José com o apoio de toda sua torcida. Aproveitando os erros da equipe adversária, a equipe da grande São Paulo abriu 9 a 0 nos primeiros minutos, forçando os visitantes a gastarem seu primeiro tempo. Dois destaques do primeiro quarto foram os Pivôs Paranhos e Gruber. Os jogadores foram muito ativos na parte ofensiva do jogo, pontuando e recuperando bolas.

Mesmo conseguindo anotar seus primeiros pontos, o time do São José já precisou correr atrás do placar muito cedo na partida. Com o passar do quarto, a vantagem, que chegou a ser de 12, foi diminuindo até chegar a dois pontos. O técnico do Mogi, Jorge Guerra, gastou um tempo para conversar com os jogadores.

Com a parada, a partida ficou mais amarrada. No minuto final, o time de São José conseguiu buscar o empate deixando o jogo em 18 a 18. Após dois lances livres a favor da equipe do Mogi, Rafael acertou uma bola de três pontos, deixando os visitantes na liderança no final.

Segundo período – MOG 42 x 43 SJO

A partida voltou um verdadeiro tiroteio de ambos os lados, com 11 pontos no primeiro minuto. As defesas já não conseguiam trabalhar da mesma forma, dando espaço para os ataques diversificarem mais suas jogadas na partida do NBB. Após mais uma parada técnica do time da casa, o Mogi retomou a liderança. Os oito pontos da equipe fora anotados pelo experiente André Goes, que atua como ala e Pivô no time.

Após sofrer a virada, foi a vez de Paulo César, técnico do São José, gastar um tempo. E assim como os donos da casa, os visitantes usaram bem a parada. Mariani anotou uma três, seguido por Figueiredo, que anotou mais seis pontos na sequência. O Mogi reagiu e buscou o empate com Fabrício e Alex, mas Mariani devolveu com mais uma bola de três pontos.

Com um final quente de segundo período, os visitantes terminaram na frente mais uma vez por um ponto, deixando o embate do NBB com o placar de 43 a 42.

Terceiro período – MOG 70 x 57 SJO

Assim como o primeiro quarto da partida, os donos da casa começaram forte no ataque. Gruber voltou a aparecer, anotando os cinco primeiros pontos para Mogi, chegando a 8 na partida. Mesmo com toda a pressão dos donos da casa, São José manteve o jogo equilibrado no NBB, não deixando o adversário tomar a frente do placar.

Gruber teve um senhor terceiro período. Além do forte começo, ele foi produziu muito nas duas fases do jogo. E, para a alegria da torcida com as placas de “Hoje tem toco do Gruber”, o Pivô conseguiu um. A animação dos torcedores presentes no estádio pareceu empurrar o Mogi, que conseguiu abrir novamente uma vantagem de 10 no marcador.

Além de produzir com qualidade no ataque, a defesa do time da casa começou a aparecer novamente. Com boas formações, além de recuperar bem os rebotes, a equipe da grande São Paulo cedeu somente 14 pontos do terceiro quarto do NBB.

Quarto Período – Mogi 85 x 78 São José

Assim como no terceiro, Gruber começou incendiando a torcida. No primeiro minuto ele conseguiu anotar dois pontos, ter um rebote, além de mais um toco, para delírio dos fãs. Ele ainda se tornaria o cestinha da partida após anotar uma bola de três, chegando a 19 pontos no embate contra o São José.

Perdendo por 18 pontos, os visitantes precisam se arriscar mais para tentar buscar uma difícil virada. O cansaço e boa marcação adversária tornaram a missão ainda mais difícil. Restando quatro minutos para o final, a diferença chegou a cair pela metade, dando esperança para São José.

Porém, a defesa de Mogi apareceu de forma expressiva na parte final. Mesmo com o ataque não produzindo muitos pontos, a unidade conseguiu conter o ânimo do adversário e garantir mais uma vitória.

Sequência no NBB

Enquanto o Mogi aguarda para descobrir seu adversário no Super 8, o São José volta a campo no dia 14 de janeiro, para encara o Corinthians fora de casa.

LEIA MAIS

“A gente não está jogando só pelo Super 8”, afirma técnico do Flamengo

Olivinha, do Flamengo afirma que time está pronto para o Super 8 do NBB

Flamengo bate Corinthians fora de casa e vence sétima seguida no NBB

Paulistano perde para Pato Basquete e complica ida ao Super 8 do NBB