Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mundial de Surfe 2020: confira como estão as disputas pela permanência na elite

A relação final da elite de 2020 e o título mundial da temporada serão decididos no Billabong Pipe Masters, que começa no dia 8 e vai até 20 de dezembro no templo sagrado do esporte, Banzai Pipeline.

Aline Taveira
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Yago Dora no VANS US Open of Surfing (Photo by Kenny Morris/WSL via Getty Images)

A temporada de 2019 está chegando ao fim e o futuro dos atletas está prestes a ser definido. Além da briga pelo título mundial, há a disputa pela permanência na elite do esporte e pela vaga nas Olimpíadas de Tóquio em 2020.

Elite mundial

Na parte de baixo da tabela, são quatro numa briga direta para se manter na elite. Deivid Silva está em 21.o no ranking que garante os 22 primeiros colocados para o ano que vem. Ele até está tranquilo, por ter vaga no G-10 do QS para utilizar, caso saia dos top-22 no Billabong Pipe Masters.

Já os outros três, a única chance de continuarem na “seleção brasileira” em 2020 é pelo ranking do CT. O paranaense Peterson Crisanto é o último na lista dos 22, o catarinense Willian Cardoso é o primeiro fora da zona de classificação em 23.o lugar e o cearense Michael Rodrigues é o 24.o. Em 25.o, está outro brasileiro, o catarinense Yago Dora, que já garantiu sua permanência entre os dez indicados pelo QS.

O paulista Jessé Mendes também está perdendo sua vaga no CT. Ele é 28.o colocado e já precisa chegar nas quartas de final em Pipeline, para superar os 20.290 pontos do último que está se classificando, Peterson Crisanto.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Qualifying Series

Os brasileiros tinham vencido todas as etapas do QS 10000, antes das duas da Tríplice Coroa Havaiana, que fecharam o WSL Qualifying Series 2019 em Haleiwa e em Sunset Beach. Essas vitórias foram determinantes para o Brasil ficar com metade das vagas para o CT 2020, com o potiguar Jadson André em segundo lugar no ranking, o catarinense Yago Dora em terceiro e os paulistas Alex Ribeiro em sexto, Miguel Pupo em sétimo e Deivid Silva em décimo.

G-10 DO WSL QUALIFYING SERIES – Final das 56 etapas de 2019:

01: Frederico Morais (PRT) – 26.400 pontos

02: Jadson André (BRA) – 23.800

03: Yago Dora (BRA) – 23.200

04: Matthew McGillivray (AFR) – 22.580

05: Jack Robinson (AUS) – 21.930

06: Alex Ribeiro (BRA) – 21.580

07: Miguel Pupo (BRA) – 21.000

08: Ethan Ewing (AUS) – 20.400

09: Connor O´Leary (AUS) – 19.650

10: Deivid Silva (BRA) – 18.650 é top-22 do CT

11: Morgan Cibilic (AUS) – 18.100

Leia mais: Carissa Moore é tetracampeã mundial da World Surf League

Silvana Lima é confirmada nas Olímpiadas de Tóquio em 2020

Lucas Vicente conquista o título mundial Pro Júnior de 2019