Ordem para voltar a ser repórter foi crucial para que Ivan Moré deixasse a Globo

Ex-apresentador não aceitou mudança de cargo e deixou a emissora carioca em maio

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/TV GLOBO

O jornalista Ivan Moré revelou em entrevista ao programa Bolívia Talk Show, do canal Desimpedidos, que não gostou da ordem para voltar a ser repórter da Globo após anos comandando o Globo Esporte e por isso não aceitou seguir na emissora.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

A Globo tinha uma renovação pronta para o jornalista, mas o tiraria do programa e o recolocaria mais uma vez como repórter de campo, o que não agradou a Ivan. Sem um acordo, o jornalista decidiu não aceitar o novo contrato.

“Fiquei um pouco chateado sim. Perguntei: ‘por que vou sair do programa?’. Pedi uma justificativa e não me deram. Ninguém falou que ia sair porque o programa estava mal, estava uma b… Ninguém me deu justificativa. Pensei que fosse um sinal falando: ‘sai daí, vai fazer outra coisa’. Vieram conversar comigo para renovar e eu falei: ‘não quero’. Queria minha liberdade.”

Assim que deixou a Globo, o apresentador recebeu uma proposta para assinar com a Record e se tornar o grande nome do esporte na emissora, mas também recusou.

“Era uma ‘bala’. Me trataram com respeito, com carinho, melhorou meu ego. Foi assim que eu percebi que quando a Record veio dessa maneira, atencioso, pensei: ‘será que eu sou estar feliz? Ou será que eu quero só viver esse espaço de tempo e essa sensação de estar me conectando com pessoas interessantes e inteligentes?’ Eu disse: ‘galera, obrigado, quem sabe mais para a frente’ e não fecho as portas com ninguém.”

Ivan Moré ainda disse que o narrador Gustavo Villani, seu amigo pessoal e narrador da Globo, o chamou de louco por recusar a proposta salarial da Record, que era maior que a da Globo.

Leia mais:
Veron e Dudu brilham e Palmeiras massacra o Goiás; assista aos melhores momentos