Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Os maiores artilheiros do Brasileirão na década

Na última década, muitos jogadores roubaram a cena, ao serem artilheiros de um dos campeonatos mais disputados do mundo: o Brasileirão. Mas quem foram esses artilheiros que marcaram os últimos 10 anos?

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Foto: Reprodução/Instagram

Em um clima de sobe e desce, muitos times tiveram grandes estrelas de 2010 para cá. Foram 3 Copas do mundo, com muitos jogadores sendo revelados e jogado – muito – desde então. De 2010 para cá, surgiu a estrela de Neymar, PH Ganso, Gabigol, Bruno Henrique, dentre tantos outros que fizeram história por onde passaram.

Já conhece nosso Instagram? Então segue a gente lá!

Conheça a TV Torcedores, nosso canal no Youtube!

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Mas e quem foi que mais marcou gols durante as últimas edições do campeonato Brasileiro? Quais foram os artilheiros? Confira agora, no Torcedores.com!

 

2010 – Jonas (Grêmio) – 23 gols

O artilheiro “bagunçou” o campeonato, ajudando o Grêmio a chegar na 4ª colocação da competição.

2011 – Borges (Santos) – 23 gols

Quando veio para o Santos, Borges foi um dos principais atacantes do Brasil.

2012 – Fred (Fluminense) – 20 gols

Fred, em 2012, fez uma das suas melhores temporadas. Que pesou, inclusive, para sua convocação na Copa do Mundo de 2014.

2013 – Éderson (Athletico Paranaense) – 21 gols

Atualmente no Fortaleza, Éderson se tornou o terror dos goleiros, em 2013. Isso porque, pelo Athletico Paranaense, o atacante marcou 21 gols. A maior marca na competição, até este ano.

2014 – Fred (Fluminense) – 18 gols

Fred, mais uma vez, artilheiro do Campeonato Brasileiro. Com 18 gols, o também artilheiro do Brasil na Copa de 14, atuou bem antes e depois do hiato da competição mundial.

2015 – Ricardo Oliveira (Santos) – 20 gols

Ricardo Oliveira chegou no Santos em 2014 e já logo beliscou um vice-campeonato da Copa do Brasil. No ano seguinte, o artilheiro deu o que falar no Brasileirão, marcando 20 gols.

2016 – 14 gols

Fred (Atlético Mineiro e Fluminense)

Pela terceira vez na lista, Fred dividiu a artilharia com mais dois jogadores. Mas, ainda assim, vale destaque. Não é qualquer um que consegue um hat-trick desses, né?

William Pottker (Ponte Preta)

Pottker, hoje no Internacional, conseguiu bons feitos pela Ponte Preta.

Diego Souza (Sport)

Após consagrados anos no Palmeiras, Diego Souza jogou muito no Sport. Em 2016, fez 14 gols e era um dos jogadores mais perigosos.

2017 – 18 gols

Jô (Corinthians)

Artilheiro nato, Jô marcou 17 gols. Alavancou o Corinthians, no Brasileirão.

Henrique Dourado (Fluminense)

Henrique Dourado, ou melhor, ceifador, dividiu a artilharia do Brasileirão com Jô. Marcando 17 gols, fazia o facão passando, após marcar.

2018 – Gabigol (Santos) – 18 gols

Após sua volta para o Brasil, Gabigol se reencontrou no Santos e foi artilheiro do Brasileirão com 18 gols. Sendo um perigo constante no ataque, o artilheiro manteve o bom rendimento durante toda a temporada.

2019 – Gabigol (Flamengo) – 25 gols

O homem do esporte brasileiro no ano de 2019. O torcedor flamenguista vibrou 25 vezes, levantando a plaquinha de “Hoje tem gol do Gabigol”, apenas no Campeonato Brasileiro.

 

LEIA MAIS

Empresa de intercâmbio e NAIA levarão atletas brasileiros a universidades norte-americanas

5 jogadores que deixaram a torcida do Flamengo mais feliz em 2019