Pai homenageia jogadores do Flamengo e registra nome do filho como ‘Gabriel Arrascaeta’

Após título do Flamengo na Copa Libertadores da América contra o River Plate, Alex Bastos teve que convencer esposa torcedora do Vasco e vencer veto do cartório

Paulo Silva
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Reprodução

O Flamengo vive um ano histórico e já faturou a Copa Libertadores da América e o Campeonato Brasileiro, além do Campeonato Carioca. Alex Bastos, de 34 anos, resolveu homenagear dois dos heróis das conquistas rubro-negra e registrou o nome de seu filho como Vitor Gabriel Arrascaeta Sant’ana Bastos.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Gabigol, que fez os dois gols do título contra o River Plate, e De Arrascaeta, um dos protagonistas do Fla, estão eternizados no nome do menino que nasceu no dia 22 de novembro de 2019, um dia antes da grande decisão da Libertadores. Ele veio ao mundo na cidade de Mesquita, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Para conseguir registrar o nome de seu filho, Alex Bastos teve que vencer dois obstáculos: primeiro, convencer a esposa Maralina Sant’ana, de 34 anos, torcedora do Vasco da Gama. Em segundo, vencer o veto de uma funcionária do cartório.

“Eu ia registrar sem falar com ela (esposa), mas pensei “poxa, não posso fazer isso”. Ela é vascaína, a família toda dela também, mas no final não acharam ruim. Ela só está falando para vizinhos e professores para não chamarem a criança de Arrascaeta”, revelou o flamenguista, em entrevista ao “O Globo”.

Advogado, Alex viajou juntamente com sua esposa à Lima, no Peru, para acompanhar a grande e histórica final da Copa Libertadores. A previsão inicial era que o menino se chamsse Vitor Hugo, mas o flamenguista fanático repensou e decidiu fazer uma homenagem a dois dos heróis da reconquista do Flamengo na América, depois de 38 anos. Foto do Gabriel Arrascaeta:

Gabriel Arrascaeta

LEAI MAIS:

Comentarista da ESPN internacional coloca Flamengo como melhor time do mundo, na frente de Juventus e Liverpool