Juca Kfouri não acredita que o Corinthians chegue ao grupo do Palmeiras na Libertadores: “vai ter uma temporada complicada”

Comentarista disse que quatro jogos em fevereiro serão pesados para o Corinthians

Matheus Camargo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Miguel Schincariol/Getty Images

O jornalista Juca Kfouri disse durante o podcast Posse de Bola, do UOL, que não acredita que o Corinthians passe da fase prévia da Libertadores para cair no grupo do Palmeiras na competição.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

O comentarista afirmou que o time deve ter uma temporada difícil com Tiago Nunes, já que será uma equipe em reconstrução.

“São quatro jogos, muito difícil. Logo em fevereiro, primeira semana de fevereiro, o Corinthians estará voltando de férias”, disse Juca, que seguiu.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“Eu acho pouco provável, ainda mais se cair o Guarani paraguaio na frente do Corinthians, que é um trauma corintiano.”

O time contratou Luan como grande reforço para a temporada 2020 e deve ganhar novos nomes a pedido de Tiago Nunes. Segundo Juca Kfouri, porém, o Corinthians terá problemas e vai “sacrificar o Paulistinha”, usando o termo citado pelo presidente Maurício Galiotte, do Palmeiras.

“Acho que o Corinthians vai ter uma temporada muito complicada, com isso vai sacrificar o tetra do Paulistinha e eu não estou com grandes expectativas.”

Outro comentarista presente no podcast, Arnaldo Ribeiro disse que o componente do Palmeiras no grupo B, ao lado de Bolívar (BOL) e Tigre (ARG) aumenta ainda mais a pressão sobre o início de trabalho de Tiago Nunes.

“Se não tivesse o Palmeiras no grupo, se fosse um grupo só com times estrangeiros, o que poderia acontecer e tivesse a pré-Libertadores, agora a pressão em cima do Tiago Nunes aumenta, a fase de grupos aumenta bem.”

Leia mais:
Mercado da bola: saiba a data de abertura e fechamento da próxima janela de transferências dos principais campeonatos

Comentarista da Fox defende retorno de Valdivia ao Palmeiras: “agrega valor”